O senador Demóstenes Torres (DEM-GO) criticou hoje os intensos “barracos”que tomam conta das sessões no Senado. O parlamentar acompanhou de perto a discussão entre...

O senador Demóstenes Torres (DEM-GO) criticou hoje os intensos “barracos”que tomam conta das sessões no Senado. O parlamentar acompanhou de perto a discussão entre Tasso Jereissatti (PSDB-CE) e Renan Calheiros (PMDB-AL).

Segundo Torres, os senadores estão “apodrecendo” e perdendo a inteligência e o espírito público. “O pronunciamento de hoje jogou gasolina na chama e não apaziguou nada. Não temos mais como resolver o problema. Vamos ter gente desmoralizada pelos fatos e pelas circunstâncias”.

Demóstenes Torres clamou ainda pelo fim da crise e dos incessantes bate-bocas entre partidos, cada vez mais frequentes na Casa. “Basta! Basta! O Brasil não merece isso! Não podemos ficar mais nesse clima e nessa situação”.

O parlamentar prometeu que vai reagir contra a tropa de choque instalada no Senado e que tem tentado inibir parlamentares que defendem a renúncia ou o afastamento de José Sarney (PMDB-AP) da presidência do Senado. “Cada qual deve responder pelo que fez. O julgamento tem que ser político, mas neste caso virou Tribunal de Exceção”, afirmou ao falar da representação protocolada no Conselho de Ética pelo PMDB contra o tucano Arthur Virgílio.

Comentários


Sem comentários ainda.

Comente!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *