Antes do primeiro break do Canal Livre, Collor se declarou contra o terceiro mandato. A posição é diferente daquela externada em uma entrevista recente...

Antes do primeiro break do Canal Livre, Collor se declarou contra o terceiro mandato. A posição é diferente daquela externada em uma entrevista recente à TV Senado. Fernando Mitre cobrou a contradição. “Não defendi o terceiro mandato”, explicou, ressaltando ter dito apenas que “o terceiro mandato era apenas um cenário possível de vislumbrar”.

O ex-presidente assegura que não poderia advogar pela re-reeleição de Lula porque foi contra o instituto da reeleição para FHC.

A propósito, está difícil entender tanto ressentimento contra FHC e tanto carinho para Lula. Só para lembrar, Collor convidou FHC para ser seu ministro das Relações Exteriores. E FHC estava doidinho para aceitar, o que só não aconteceu por causa de uma rebelião no ninho tucano.

Comentários


Sem comentários ainda.

Comente!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *