Os senadores de oposição Marisa Serrano (PSDB-MS), Sérgio Guerra (PSDB-PE), Demóstenes Torres (DEM-GO), Heráclito Fortes (DEM-PI) e Eliseu Resende (DEM-MG) protocolaram esta tarde três...

Os senadores de oposição Marisa Serrano (PSDB-MS), Sérgio Guerra (PSDB-PE), Demóstenes Torres (DEM-GO), Heráclito Fortes (DEM-PI) e Eliseu Resende (DEM-MG) protocolaram esta tarde três recursos na Secretaria do Conselho de Ética da Casa contra o parecer do presidente do Colegiado, Paulo Duque (PMDB-RJ).

Os documentos se referem a três denúncias elaboradas pelo líder tucano Arthur Virgílio contra o presidente do Senado, José Sarney (PMDB-AP), e que foram arquivadas na última semana por Duque. Ao todo, doze reclamações (11 contra Sarney e uma contra o peemedebista Renan Calheiros) foram engavetadas.

Democratas e tucanos prometem recorrer ainda das outras decisões favoráveis a Sarney e esperam apoio dos petistas para que as investigações contra Sarney possam ser levadas adiante.

Com a medida, senadores que compõem o colegiado devem votar esses recursos no plenário do Conselho, o que pode acontecer na próxima reunião, prevista para  a tarde desta quarta. São necessários oito votos para que as análises continuem no colegiado. Caso contrário, oposicionistas prometem recorrer ao plenário do Senado Federal.

Comentários


Sem comentários ainda.

Comente!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *