Do OGlobo Jaílton de Carvalho A Polícia Federal indiciou nesta segunda-feira o ex-diretor de Recursos Humanos do Senado João Carlos Zoghbi por concussão, inserção...

Do OGlobo

Jaílton de Carvalho

A Polícia Federal indiciou nesta segunda-feira o ex-diretor de Recursos Humanos do Senado João Carlos Zoghbi por concussão, inserção de dados falsos no sistema e formação de quadrilha. Ele é acusado de cobrar propina de bancos envolvidos no escândalo de empréstimos consignados a servidores do Senado. 

Somadas, as penas para os três crimes podem chegar a 23 anos de prisão. Zoghbi foi indiciado depois de prestar depoimento ao delegado Gustavo Buquer, que comanda o inquérito sobre o caso. Nos próximos dias, a PF deve indiciar outras cinco pessoas acusadas de envolvimento no escândalo.

As investigações devem ser concluídas até o fim do mês. Depois disso, o delegado enviará o relatório com suas conclusões à Justiça Federal.

Leia aqui a matéria na íntegra

Comentários


Sem comentários ainda.

Comente!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *