Diretor do Comitê Ficha Limpa do Distrito Federal, Diego Ramalho Freitas apresentou ontem à Câmara Distrital do DF um pedido de impeachment do governador...

Diretor do Comitê Ficha Limpa do Distrito Federal, Diego Ramalho Freitas apresentou ontem à Câmara Distrital do DF um pedido de impeachment do governador Agnelo Queiroz (PT) por seu suposto envolvimento com a quadrilha comandada pelo empresário de jogos ilícitos Carlos Cachoeira.

A proposta tem pouca chance de ser aceita pelo presidente da Câmara, Cabo Patrício (PT). A denúncia se resume a cópias de reportagens publicadas nas últimas semanas sobre o caso Cachoeira que citam o governo Agnelo.

Não foram apresentados documentos que comprovem as denúncias nem foi indicado o local onde estariam essas comprovações, como exige a legislação.

Pela lei, qualquer cidadão pode apresentar um pedido de impeachment, desde que seja fundamentado.

Segundo afirmou o porta-voz do governo, Ugo Braga, o governador recebeu com “serenidade” o pedido, porque seriam uma reprodução das “acusações sem consistência” feitas contra ele.

“Essas mesmas pessoas estiveram na Câmara há poucos meses, de mãos dadas com o senador Demóstenes Torres, fazendo outras denúncias. Esse tipo de coisa é golpe”, disse o porta-voz.

via Folha de S.Paulo – Poder – Comitê cobra impeachment de governador do DF após denúncia – 17/04/2012.

Comentários

  • Vivi

    18/04/2012 #1 Author

    Impeachment do governador por seu SUPOSTO envolvimento?
    E as provas? E as Leis? Ora, as Leis… Para que as Leis, não é mesmo?
    É a inversão daquele ditado: “Para os amigos, a morosidade da Justiça; para os inimigos, o país tem pressa!”

    Responder

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *