O senador Demóstenes Torres (ex-DEM-GO) usou o cargo para negociar um projeto de R$ 8 milhões em favor da Delta Construções, apontam gravações telefônicas...

O senador Demóstenes Torres (ex-DEM-GO) usou o cargo para negociar um projeto de R$ 8 milhões em favor da Delta Construções, apontam gravações telefônicas e relatório do Ministério Público Federal obtidos pela Folha.

De acordo com o procurador-geral da República, Roberto Gurgel, há evidências de que Demóstenes atuava como “sócio oculto” da Delta, empresa que desde 2007 é a que mais recebe recursos do governo federal, principalmente por obras do Programa de Aceleração do Crescimento.

O procurador-geral se baseia principalmente em gravação em que o senador indica condicionar o envio de recursos para uma obra em Anápolis (GO) à escolha da Delta para tocar o projeto.

O negocio se daria por intermédio do empresário Carlinhos Cachoeira, que teria relações com a empresa e que está preso desde fevereiro sob acusação de comandar esquema de jogo ilegal.

No documento em que pediu ao Supremo Tribunal Federal autorização para investigar Demóstenes, Gurgel afirma haver fatos de “especial gravidade” que evidenciam “que o senador também dispunha da sua atividade parlamentar em proveito da empresa de que seria sócio oculto”.

via Folha de S.Paulo – Poder – Demóstenes negociou verba para beneficiar empreiteira do PAC – 18/04/2012.

Comentários

  • Vivi

    18/04/2012 #1 Author

    Pannunzio, certamente a Delta não é a única empreiteira do PAC, e o título da sua postagem não traz nenhuma inverdade, mas ressaltar o nome do PAC ao invés do nome da empreiteira é de uma CANALHICE ODIOSA!!

    Responder

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *