No Jornal do Brasil No próximo dia 21, quando homenageia-se Joaquim José da Silva Xavier, Tiradentes, um grande grupo  – que pode chegar a 900...

No Jornal do Brasil

No próximo dia 21, quando homenageia-se Joaquim José da Silva Xavier, Tiradentes, um grande grupo  – que pode chegar a 900 mil pessoas – vai fazer uma marcha contra a corrupção, em diversos lugares do país (até agora 42 cidades já confirmaram a manifestação).

Chamado pelos organizadores e adeptos de Dia do Basta à Corrupção, o movimento tem como objetivos o enquadramento da corrupção como crime hediondo, o fim do foro privilegiado, além do fim do voto obrigatório.

O maior apoio do Dia do Basta à Corrupção até agora é o da Ordem dos Advogados do Brasil, segundo o senador Pedro Simon (PMDB-RS), que comemora a adesão dos brasileiros. Para selar o apoio da Ordem a nível nacional e definir a organização da manifestação, uma reunião com o presidente do Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil, Ophir Cavalcanti, será realizada nesta quinta-feira (19). Entre os participantes estarão Simon e o também senador Pedro Taques (PDT-MT).

Os organizadores do evento de caráter nacional vão promover uma panfletagem em diversas universidades do país até sábado.

“Depois da aprovação da Ficha Limpa diante de pressão popular, o Dia do Basta à Corrupção deve ser um novo marco na história deste país. Tudo que o Brasil precisa para extinguir a corrupção é ter o povo fiscalizando e cobrando o Parlamento. Só assim o Congresso se identifica com a vontade popular”, analisou Pedro Simon

via Jornal do Brasil – País – Marcha contra a corrupção será no dia 21 e pode reunir até 900 mil pelo país.

Comentários

  • Raphael

    23/04/2012 #1 Author

    900 mil….
    Que piada!!!

    Responder

  • Vivi

    21/04/2012 #2 Author

    Big Head:
    Agradeço as boas-vindas!
    Não sei muito bem o que acontece, se o blog do Pannunzio é muito pesado e demora pra carregar, ou se o problema é com a minha “recepção”, porque, ao acessá-lo, frequentemente o programa pára de responder, a argolinha azul fica girando hipnoticamente por tanto tempo, que minha paciência acaba e eu desisto de ler e de comentar. Além do que, o Pannunzio às vezes está “piguento” demais para o meu gosto… rsrsrs

    Olha, se a imprensa turbinou a popularidade da presidenta foi porque o tiro saiu pela culatra. O plano era bem o contrário. Ela era um POSTE, marionete do Lula, quiseram minar a base aliada, e no fim, quem ficou bem na foto foi ela.
    Mas eles continuam tentando.

    E por que não podemos contar com a imprensa? Porque ela blinda seus “queridinhos”. Por exemplo: eu, que moro em São Paulo, leio infinitas matérias sobre problemas no Rio de Janeiro envolvendo o governador Sérgio Cabral, e não tenho nenhuma informação sobre o que se passa no meu próprio Estado!! Isso não é incrível? E não é uma tremenda coincidência que o Cabral seja apoiado pelo governo do PT, e em SP o governo é dos tucanos?

    Responder

  • Fábio

    20/04/2012 #3 Author

    De nada adiantara mais esta marcha, o Brasil precisa de uma reforma politica urgente, uma reforma no judiciario e tambem um marco regulatorio para a imprenssa, hoje observei um audio do Leonardo Atthuch (brasil247) com o banqueiro Naji Nahas, parecia obra de um consultor, é uma pena a imprenssa brasileira esta tão incredula e norteada de homens corruptos. Mas acho que esta para nascer um responsavel por salvar esta patria. Sinto vergonha de ser brasileiro.

    Responder

  • Vivi

    18/04/2012 #4 Author

    Palhaçada…
    Outro espetáculo inócuo, pra dar matéria para a mídia…
    Adianta tanto quanto fazer passeata pela paz vestindo branco e fazendo “pombinha” com as mãos…

    O que vale é não eleger mais essas tranqueiras, marcar bem o nome dos larápios e não dar-lhes o voto!!

    Pior é que nem prá isso podemos contar com a imprensa…

    Responder

    • Big Head

      19/04/2012 #5 Author

      Vivi, seja benvinda de volta. Até concordo quanto a inocuidade destas passeatas, mas o que a imprensa tem a ver com isso? Será que não foi a “mesma de sempre” (apud “Professor”) que turbinou a popularidade da governanta, apontando so caminhos para que ela corrigisse – como é mesmo o uefemismo da moda? – os malfeitos no seu Ministério? Repito, mesmo achando essas manifestações não resolvem muita coisa, penso que, desde que tenham certa visibilidade, servem para mostrar aos políticos que ainda não entregamos o jogo, que estamos atentos. Agora, não sei o porquê, mas alguma coisa me diz que quem hoje desdenha de tais movimentos nos tempos de PT oposição vibrava com eles…

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *