Com informações do Estadão. O ex-senador e governador de São Paulo, José Serra, deixou claro ontem que o governo federal interferiu na crise que...

Com informações do Estadão.

O ex-senador e governador de São Paulo, José Serra, deixou claro ontem que o governo federal interferiu na crise que assola o Senado há mais de seis meses. Ainda segundo o tucano, o Palácio do Planalto vem agindo diretamente nos acontecimentos da Casa. “Houve realmente interferência do Executivo. Espero que os próprios senadores encontrem uma saída para essa crise”, afirmou em entrevista a uma rádio de Salvador.

Para quem não lembra, na última semana o presidente do Conselho de Ética, Paulo Duque (PMDB-RJ) decidiu arquivar todas as reclamações feitas ao colegiado contra o presidente do Senado, José Sarney (PMDB-AP).

Alguns partidos já recorreram da decisão e prometem levar a questão, se preciso, ao plenário do Senado.

Já o presidente Lula declarou direto de Quito, no Equador, que seria “presunção” interferir nos processos abertos no Conselho contra Sarney. “Eles têm mecanismos. Que investiguem, que absolvam, que punam. Mas que não peçam a minha opinião”.

Comentários


Sem comentários ainda.

Comente!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *