Hoje tem CPI da Petrobras. Os membros do colegiado começam a ouvir o atual secretário da Receita Federal, Otacílio Cartaxo. As investigações começam pela...

Hoje tem CPI da Petrobras. Os membros do colegiado começam a ouvir o atual secretário da Receita Federal, Otacílio Cartaxo. As investigações começam pela suspeita de que a Petrobras teria tentado pagar menos impostos.

A medida resultou numa compensação fiscal para a maior estatal do país da ordem de R$ 1,4 bilhão.

Foi com esta manobra que a ex-secretária da Receita Federal aplicou multa milionária à Petrobras. Meses depois, Lina Maria Vieira foi demitida do cargo.

O relator da CPI, Romero Jucá (PMDB-RR), havia descartado, na última semana, a possibilidade de Lina ser ouvida. O pedido havia sido feito pelos membros da comissão, os senadores Alvaro Dias (PSDB-PR) e Antonio Carlos Magalhães Junior (DEM-BA).

Agora, a cobrança pela convocação da ex-funcionária deve ser mais forte, já que declarações  recentes da própria Lina apontam que a ministra chefe da Casa Civil, Dilma Rousseff, teria interferido na atuação da Receita em investigação do órgão em empresas da família do presidente do Senado, José Sarney (PMDB-AP).

A audiência pública que representa o terceiro encontro da comissão desde que ela foi instalada começa às duas da tarde.

Comentários


Sem comentários ainda.

Comente!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *