O presidente do Senado, José Sarney, acaba de perder a alegada maioria dos votos dos colegas em favor de sua permanência no cargo. O...

O presidente do Senado, José Sarney, acaba de perder a alegada maioria dos votos dos colegas em favor de sua permanência no cargo. O documento suprapartidário que pede seu afastamento temporário, que na semana passada já contava com a adesão de 40 senadores, acaba de ser firmado pelos petistas Eduardo Suplicy (SP) e Marina SIlva (AC).

Seriam, portanto, pelo menos 42 votos favoráveis à saída de Sarney, contra apenas 39 dos que lhe são potencialmente favoráveis. Mas as defecções podem aumentar, piorando ainda mais a situação do atual presidente do Senado. Até a semana passada Sarney dizia ter os votos de pelo menos 45 votos.

Comentários


Sem comentários ainda.

Comente!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *