Por Adriana Vandoni, do Blog Prosa e Política O documento que será divulgado hoje sobre liberdade de imprensa na América Latina assinala que “preocupa...

Por Adriana Vandoni, do Blog Prosa e Política

O documento que será divulgado hoje sobre liberdade de imprensa na América Latina assinala que “preocupa o assédio judicial e administrativo como ferramenta para limitar a livre circulação de idéias”.

Esse é o caso pelo qual passa o jornal O Estado de S. Paulo, que desde o dia 31 de julho de 2009 está proibido pela Justiça de publicar reportagens que contenham informações da Operação Faktor, mais conhecida como Boi Barrica. O recurso, que pôs o jornal sob censura, foi apresentado pelo empresário Fernando Sarney, filho do presidente do Senado, José Sarney (PMDB-AP).

É o caso também do Prosa que desde o dia 13 de novembro de 2009 está proibido de falar sobre qualquer um dos mais de cem processos de improbidade do deputado estadual e presidente da Assembléia de MT, José Geraldo Riiva. O pedido do deputado foi aceito pelo juiz Pedro Sakamoto – que hoje é desembargador. A censura foi reiterada pelos desembargadores Carlos Alberto da Rocha e Sebastião de Moraes Filho. Ambos alegaram o direito do deputado à privacidade. O processo está hoje perdido em alguma gaveta do fórum.

Leia a íntegra no Prosa & Política – Por Adriana Vandoni | A política e atualidades com humor e credibilidade..

Comentários


Sem comentários ainda.

Comente!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *