A bancada petista pediu hoje, em nota, a permanência da senadora Marina Silva (AC) no partido. Há pelo menos duas semanas, a ex-ministra do...

A bancada petista pediu hoje, em nota, a permanência da senadora Marina Silva (AC) no partido. Há pelo menos duas semanas, a ex-ministra do Meio Ambiente vem sinalizando uma possível mudança de legenda. O Partido Verde é a nova menina dos olhos de Marina, que há 30 anos milita no PT.

No documento, os petistas afirmam que a vida da senadora se confunde com a trajetória dela na legenda. “Ambos surgiram muito pequenos e humildes e tiveram que enfrentar obstáculos quase intransponíveis para se tornarem o que são hoje”.

O documento segue colocando que “o autoritarismo, censura, preconceitos, ausência de oportunidades e de condições econômicas, discriminação política e dos veículos de comunicação foram todos dura e pacientemente vencidos nessa trajetória comum”.

A bancada alega ainda que acompanhou todos os passos de Marina Silva no Senado e que luta pelas melhores causas da nação. Com muitos elogios, mostra ainda o desenvolvimento histórico da senadora que “engrandeceu seu nome, o do seu partido e o do seu país”.

Por fim, a nota alega que “a identidade que une Marina Silva ao PT é inquebrável, pois ela foi forjada na luta comum por um país próspero e justo, no qual todos tenham oportunidades” e coloca que, independentemente de qualquer decisão, o vínculo da senadora com o PT “jamais se quebrará”.

Hoje, a ex-ministra afirmou que pretende tomar uma decisão o mais brevemente possível. Pela lei, ela tem até meados de outubro para anunciar de permanece no partido ou se migra para o PV.

Para ler a nota do PT na íntegra, basta clicar aqui.

Comentários


Sem comentários ainda.

Comente!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *