Da Folha Online. O Ministério da Saúde divulgou nesta terça-feira que, entre 25 de abril e o último sábado (8), foram registrados 1.586 casos...

Da Folha Online.

O Ministério da Saúde divulgou nesta terça-feira que, entre 25 de abril e o último sábado (8), foram registrados 1.586 casos graves da gripe suína –a gripe A (H1N1)– no país. Ao todo, 3.642 pessoas contraíram o vírus no Brasil, revela o balanço.

De acordo com a pasta, neste período, ao menos 192 pessoas morreram, porém, com os dados das secretarias estaduais de Saúde, o número de óbitos no Brasil já chega a 211.

Somente nesta terça-feira, as secretarias dos Estados do Rio Grande do Sul e do Rio confirmaram, ao todo, mais oito mortes em decorrência da gripe suína. Foram confirmadas ainda novas mortes em cidades do Paraná e de São Paulo, ainda não contabilizadas pelas secretarias estaduais.

De acordo com o Ministério da Saúde, das 192 mortes contabilizadas pela pasta, 106 (55,2%) tinham algum fator de risco –como a gestação. Do total de vítimas da doença, ao menos 28 eram mulheres que estavam grávidas (14,5%) e, entre as grávidas que morreram, oito tinham pelo menos um outro fator de risco.

Doenças cardíacas, metabólicas e respiratórias, além de hipertensão arterial, diabetes e gestação são os principais fatores de risco para morte, entre os casos graves pelo vírus da gripe A (H1N1).

Comentários


Sem comentários ainda.

Comente!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *