O senador Paulo Duque, responsável pelo arquivamento sumário de todas as representações apresentadas ao Conselho de Ética nas últimas semanas, acha que “este é...

O senador Paulo Duque, responsável pelo arquivamento sumário de todas as representações apresentadas ao Conselho de Ética nas últimas semanas, acha que “este é um grande Senado”. Ao ser questionado sobre se Sarney hoje é uma grande referência moral para  o país, Duque disse que o Brasil deve a ele a TV Senado.

O presidente do Conselho de Ética não tem a menor pressa de reagendar a próxima reunião do colegiado. “Eu tenho trinta dias para decidir”, disse ele, brandindo os 11 recursos apresentados contra suas decisões. “Mas posso decidir na semana que vem”.

Duque assegura que não houve acordo para livrar todos os acusados. “Se tivesse havido, teria que passar por mim, e eu diria pra vocês”.

Ao encerrar a entrevista, ele adiantou que está escrevendo um livro sobre o processo que protagonizou. E pediu aos jornalistas uma sugestão para o título.

“A Pizza”, disse um repórter. “Um livro de gastronomia, senador”. Duque foi então afastado do cerco de jornalistas por um assessor impaciente e sem nenhum senso se humor.

Comentários


Sem comentários ainda.

Comente!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *