GUSTAVO PATU E MARIANA CARNEIRO Em plena ofensiva do governo pela redução dos juros, a inflação voltou a superar as expectativas e a evidenciar fragilidades...

GUSTAVO PATU E MARIANA CARNEIRO

Em plena ofensiva do governo pela redução dos juros, a inflação voltou a superar as expectativas e a evidenciar fragilidades da política de estímulo à economia.

O IPCA (Índice de Preços ao Consumidor Amplo), usado como referência para as metas oficiais de inflação, subiu de 0,21% em março para 0,64% em abril, segundo divulgou ontem o IBGE.

Os aumentos dos preços do cigarro e dos remédios, ambos determinados pelo governo, e o reajuste de empregadas domésticas responderam por quase 40% do resultado.

Foi a primeira vez, desde a parada brusca da economia no segundo semestre do ano passado, que o índice ficou visivelmente acima das previsões mais consensuais de bancos e consultorias.

Mesmo com um crescimento ainda em ritmo lento, a inflação acumula 5,1% nos últimos 12 meses, acima dos 4,5% fixados como objetivo pelo Banco Central -e ainda poderá sofrer o impacto da recente escalada da cotação do dólar.

via Folha de S.Paulo – Poder – Inflação sobe e ameaça estratégia do BC – 10/05/2012.

Comentários


Sem comentários ainda.

Comente!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *