Da Folha Online. Chegou ao fim a novela da substituição de Lina Vieira na Receita Federal: o ministro da Fazenda, Guido Mantega, confirmou Otacílio...

Da Folha Online.

Chegou ao fim a novela da substituição de Lina Vieira na Receita Federal: o ministro da Fazenda, Guido Mantega, confirmou Otacílio Cartaxo, até então secretário interino, como titular do cargo.

De acordo com fontes próximas do ministro, Otacílio, que é funcionário de carreira, tem ascendência sobre os quadros do órgão, conhece bem a Receita e mostrou habilidade ao depor na CPI da Petrobras sobre a forma de cálculo do imposto que incide sobre a variação do dólar.

A exoneração da secretária da Receita Federal, Lina Maria Vieira, foi oficializada no “Diário Oficial da União” no dia 17 de julho. A saída da secretária já tinha sido confirmada no dia 15 do mesmo mês pelo Ministério da Fazenda, que não divulgou oficialmente os motivos para a troca.

No mesmo dia foi publicada a nomeação de Otacílio Cartaxo, então secretário-adjunto da Receita, para assumir interinamente o cargo de Lina.

Entre os motivos para a mudança no comando da Receita está uma disputa com a Petrobras. A estatal realizou uma mudança contábil no final de 2008 que permitiu uma redução de R$ 4 bilhões no recolhimento de impostos. Essa questão foi um dos motivos usados pela oposição para a criação da CPI da Petrobras.

A secretária deixa o cargo em um momento de queda na arrecadação federal, devido à desaceleração econômica e aos benefícios fiscais concedidos pelo governo para estimular a economia.

Comentários


Sem comentários ainda.

Comente!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *