Dois caças A-29 Super Tucano da Força Aérea Brasileira atacaram, ao meio-dia deste Sábado (12/05), uma pista clandestina a 218 quilômetros de Boa Vista,...

Dois caças A-29 Super Tucano da Força Aérea Brasileira atacaram, ao meio-dia deste Sábado (12/05), uma pista clandestina a 218 quilômetros de Boa Vista, capital de Roraima. O local foi atingido por bombas aéreas de fins gerais BAFG de 230 quilos. O impacto dos artefatos no solo formou  crateras de dez metros de diâmetro e três de profundidade. A ação faz parte da Operação Ágata 4, do Ministério da Defesa, que reúne as três Forças Armadas (Marinha, Exército e Força Aérea) e diversas agências governamentais.

A 700 quilometros de distância, em Manaus, a ação foi acompanhada em tempo real pelo Comando da Força Aérea na Operação Ágata 4. “Esta pista, que era usada pelo garimpo irregular e ajudava a causar danos ambientais naquela região, está interditada. Nenhuma avião consegue pousar ali”, afirma o Brigadeiro do Ar Marcelo Kanitz Damasceno, comandante da FAB na operação.

Beba na fonte: FAB – ÁGATA 4 (FAB TV) – Veja reportagem de ataque da Força Aérea a pista clandestina na Amazônia.

Comentários


Sem comentários ainda.

Comente!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *