Cerca de 10 milhões de estudantes retornam às aulas nos Estados de São Paulo, Rio, Paraná e do Rio Grande do Sul nesta segunda-feira...

Cerca de 10 milhões de estudantes retornam às aulas nos Estados de São Paulo, Rio, Paraná e do Rio Grande do Sul nesta segunda-feira (17), após terem as férias prorrogadas para evitar o avanço da gripe suína –a chamada a gripe A (H1N1). No RS, 23 cidades decidiram por uma nova prorrogação, até o dia 1º de setembro.

Até este fim de semana, o país registrava 339 mortes em decorrência da doença, segundo dados das secretarias estaduais e do Ministério da Saúde. O Brasil superou o México em número de mortes.

No Estado de São Paulo, cerca de 6,7 milhões de alunos das redes estadual e municipais retomam as atividades escolares. Algumas instituições particulares e universidades também voltam a receber os estudantes.

Segundo a Secretaria Estadual de Educação de SP, entre as primeiras atividades previstas para o reinício das aulas está a realização de atividades que estimulem os alunos a manter os hábitos de higiene e ajudem a evitar a contaminação pelo vírus da gripe suína.

Medidas de prevenção contra a doença também foram tomadas pelas secretarias estaduais do Paraná, que atende cerca de 1,4 milhão de estudantes na rede estadual; e do Rio Grande do Sul, que volta a receber amanhã os 1,2 milhões de alunos também da rede estadual de educação.

Apesar do retorno às aulas nas escolas estaduais gaúchas, 23 prefeitos decidiram adiar o retorno às aulas, que era programado para a próxima segunda-feira (17), para o dia 1º de setembro. A decisão visa prevenir a proliferação da nova gripe.

Leia a matéria na íntegra

Comentários


Sem comentários ainda.

Comente!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *