O presidente da Ordem dos Advogados do Brasil, Ophir Cavalcante, qualificou como “desonroso, vergonhoso e inaceitável” o comportamento do ex-presidente Lula, que teria pressionado o...

O presidente da Ordem dos Advogados do Brasil, Ophir Cavalcante, qualificou como “desonroso, vergonhoso e inaceitável” o comportamento do ex-presidente Lula, que teria pressionado o ministro Gilmar Mendees a adiar a votação do Mensalão e oferecido proteção ao magistrado na CPI do Cachoeira.  Em nota divulgada no site da instituição, Ophir também cobrou explicações do ex-presidente.

Segue a íntegra da nota:

“O Supremo Tribunal Federal, como instância máxima da justiça brasileira, deve se manter imune a qualquer tipo de pressão ou ingerência. Ainda que o processo de nomeação de seus membros decorra de uma escolha pessoal do presidente da República, não cabe a este tratá-los como sendo de sua cota pessoal, exigindo proteção ou tratamento privilegiado, o que, além de desonroso, vergonhoso e inaceitável, retiraria dos ministros a independência e impessoalidade na análise dos fatos que lhe são submetidos.

São estas condições fundamentais para a atividade do julgador e garantias inarredáveis do Estado democrático de Direito. A ser confirmado o teor das conversas mantidas com um ministro titular do Supremo, configura-se de extrema gravidade, devendo o ex-presidente, cuja autoridade e prestígio lhe conferem responsabilidade pública, dar explicações para este gesto. Ao mesmo tempo, a Ordem dos Advogados do Brasil reafirma a sua confiança na independência dos ministros do Supremo Tribunal Federal para julgar, com isenção e no devido tempo, as demandas que constitucionalmente lhe são apresentadas.”  

Comentários

  • Aurenio Cipriano

    01/06/2012 #1 Author

    Em se tratando do Lula não se pode duvidar de mais nada,parece que ele pode tudo,que vergonha Brasil!

    Responder

  • Fabricio Azevedo

    30/05/2012 #2 Author

    Condenado ? mas não deveria haver o “devido processo legal antes” ? Ou pelo menos uma prova cabal ? Não creio que a simples palavra do Sr. Gilmar Mendes seja prova, até porque, como já lembrado, ele já esteve envolvido em acusações infudadas antes…

    Responder

  • Otavio

    28/05/2012 #3 Author

    Esse Gilmar e essa revista não são os mesmos da escuta telefonica que a polícia federal desmentiu com aquele senador que está todo enrolado com a justiça?

    Responder

  • Flávio Furtado de Farias

    28/05/2012 #4 Author

    Não deveria também o Sr. Ophir dizer também:

    Se NÃO confirmado o teor das conversas mantidas com um ex-presidente, configura-se de extrema gravidade o relato, devendo o Ministro Titular do Supremo, cuja autoridade e prestígio lhe conferem responsabilidade pública, dar explicações para este gesto.

    ??????

    Responder

  • renato

    28/05/2012 #5 Author

    O maior sintoma do “desastre” do Lula foi ver a reação da PTzada hoje na internet.Tentaram todas as explicações possíveis e lançaram mão de dezenas de
    links de blogs dóceis.Estavam desesperados.Será que o glorioso iletrado fará parte do grupo que ele mesmo chamou de “aloprados”???

    Responder

  • sossegao abc

    28/05/2012 #6 Author

    Lula está condenado. E ponto final.

    Responder

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *