Toda vez que há eventos de grande interesse jornalístico a internet do Senado entra em colapso. É o que está acontecendo neste exato momento....

Toda vez que há eventos de grande interesse jornalístico a internet do Senado entra em colapso. É o que está acontecendo neste exato momento. A postagem deste artigo, por exemplo, já consumiu quarenta minutos de tentativas reiteradametne frustradas.

O PRODASEN, responsável pelo serviço, consome R$ 225 milhões por ano do contribuinte brasileiro. É ele que gerencia as redes sem fio do Senado. Semana retrasada, quando o serviço estava praticamente fora do ar, o órgão divulgou uma nota na qual alertava para dificuldades técnicas eventuais, prometendo para logo o restabelecimento da conexão.

Como se viu pelo que está acontecendo na tarde de hoje, o problema não é circunstancial. Na melhor das hipóteses, é esturtural. A menos que as hipóteses também recorrentes de sabotagem e incompetência sejam admitidas, e elas, não parecem muito razoáveis.

Comentários


Sem comentários ainda.

Comente!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *