Coube ao blogueiro Enock Cavalcanti, ex-assessor do PT, iniciar uma campanha contra a iniciativa do presidente do Tribunal de Justiça de Mato Grosso de...

Coube ao blogueiro Enock Cavalcanti, ex-assessor do PT, iniciar uma campanha contra a iniciativa do presidente do Tribunal de Justiça de Mato Grosso de mandar apurar a denúncia, trazida ao Blog do Pannunzio por advogados que atuam naquele estado, de que o mercado negro da venda sentenças permanece ativo.

Em sua página eletrônica, Enock afirmou que “Fábio Pannunzio talvez não tenha respeitado a regra que diz que  “jornalismo sério e investigativo não se limita a soltar notas de fofocas e maledicências – investiga a origem da notícia, cruza informações e publica matérias bem assentadas”.

Ao contrário do que afirma o defensor do abafamento, o Blog do Pannunzio publicou um post dando pistas concretas para investigar o assunto. Os elementos alinhavados ali nem de longe constituem “fofocas e maledicências”. Os fatos estão descritos num habbeas-corpus da lavra do desembargador José Tadeu Cury, que trancou uma sindicância para beneficiar o colega Círio Miotto, afastado do TRE sob suspeita de vender sentenças. Tadeu Cury é casado com a advogada Célia Cury, litisconsorte de Miotto no processo aberto pelo STJ para apurar os descalabros da Justiça matogrossense.

Enock Cavalcanti, no exercício abjeto do pior jornalismo, pergunta: “Será que o desembargador Rubens de Oliveira prefere bancar o quixotesto, perseguindo as fantasias delirantes de um jornalista que não é capaz de detalhar a denuncia que formula, enquanto a juiza está aí mesmo, clamando há meses para falar, sem ter uma autoridade do TJMT disposta a ouvi-la?” É uma referência às denúncias de uma ex-juíza que apontam no mesmo sentido: para as evidências de que o esquema de venda de sentenças foi reativado com a volta, pela via de uma liminar concedida pelo Ministro Celso de Mello,  dos juízes aposentados compulsoriamente pelo CNJ.

Como se vê, jornalistas de aluguel a serviço da BESTA, como Enock Cavalcanti, fariam melhor se cumprissem seu papel de fiscalizar os Poderes, função precípua do jornalismo autêntico, ao invés de se lançarem às injúrias contra colegas que fazem o que eles não têm coragem ou motivação para fazer.

Comentários

  • Marcelo

    09/06/2012 #1 Author

    A questão é que o governo deveria reduzir os gastos com propaganda e financiamentos na mídia (internet). Por que a Petrobrás gasta milhões em propaganda se a produção de combustível é um monopólio? Propaganda deveria ser revertida em educação ao povo! Aí sim o povo escolhe a melhor informação. A imprensa tem que ser livre sempre, é assim que a democracia cresce e ganha maturidade. Se não fosse a imprensa, a corrupção estaria em patamares siderais. O Brasil nunca vai ser um país desenvolvido, pois a educação é renegada sempre! Afinal o nosso ex- presidente era um semi analfabeto, que dizia que sabe outra língua era bobeira, e outras asneiras que ele falava. O nosso país está no é hoje economicamente graças ao plano real, que o PT foi contra!

    Responder

  • Turco

    09/06/2012 #2 Author

    Parabéns, Fábio!!!!

    Responder

  • MarceloF

    08/06/2012 #3 Author

    Fábio,
    parabéns pela luta. Siga em frente, que esses seres abjetos tendem a ter vida curta.
    Que lástima esses seres do esgoto se intitularem jornalistas. Será que têm diploma e carteinha da Fenaj? Não seria o caso de pedir uma punição a ele junto aos órgãos sindicais?
    A meu ver, a conduta dessa toupeira agride qualquer senso ético profissional. Foi um desrespeito absurdo contra vc. Fiquei com a impressão de que ele tem o rabo preso com a banda podre da magistratura maotogrossense.
    Abs.,
    de MarceloF.

    Responder

  • Alessandro

    08/06/2012 #4 Author

    Pannunzio, por que me censuraste?

    Meu post não continha xingamentos, palavras de baixo calão, ataques pessoais.

    Responder

    • Fábio Pannunzio

      08/06/2012 #5 Author

      Vou ver e já te digo. De vez em quando a gente erra a mão. Deixe-me ver.

    • Fábio Pannunzio

      08/06/2012 #6 Author

      Pronto, liberado.

    • Alessandro

      08/06/2012 #7 Author

      Obrigado. Gosto do seu blog e pretendo continuar a frequentá-lo.

      Quanto ao pedido de informações à ANP, Petrobrás, Caixa, vc está certo. A obrigação deles é informar.

  • Flávio Furtado de Farias

    07/06/2012 #8 Author

    Denúncia importante… o diabo é que não pode deixar de misturar as estações… mas é isto aí… tudo tem que ver com a tal BESTA… perde força, mas…
    .
    De qualquer forma, importante chamar a atenção de problemas como este.

    Responder

    • Fábio Pannunzio

      07/06/2012 #9 Author

      Sabe de uma coisa, professor? Estou pensando seriamente em aposentar meu neologismo. Confesso que desde o primeiro dia eu acho que isso é estigmatização. Mas foi uma forma de responder à generalização do PIG. Sei lá, vou meditar a respeito.

    • Mario

      07/06/2012 #10 Author

      BESTA (BLOGOSFERA ESTATAL). Você estava inspirado no dia em que inventou este termo, Pannunzio. Eles fazem-se de besta e fazem de besta os outros. Trata-se de um ótimo nome para identificar aqueles que recebem ilegalmente dinheiro público para escrever de acordo com os interesses de quem lhes paga, isto é, de acordo com os interesses de quem não sabe se portar no poder.

      Segundo o Houaiss, besta significa: “1 animal irracional, quadrúpede, em geral doméstico; cavalgadura, alimária 1.1. m.q. burro (animal híbrido) 1.2 B.N.B.N.E fêmea de cavalo; égua 2 fig. lado animal, instintivo do homem 3 p.ext. pej. indivíduo grosseiro, desumano 4 p. ext. (da acp1) infrm pej. que ou quem é ignorante ou pouco inteligente; burro, tolo 5 sem importância; insignificante (…)8 fig. (da acp. 4) B infrm. antipático por se julgar superior aos outros; presunçoso (…) fazer de b. fig.infrm. enganar (alguém) fazer-se de b. fig. B infrm. 1 fingir ignorância ou burrice; fazer-se de tolo (…) voz v. e subst.: relinchar, rifar, rinchar, subst. relincho, rincho”

      Mario.

    • Flávio Furtado de Farias

      08/06/2012 #11 Author

      Não acho que seja uma questão de aposentar o neologismo…. a tal de BESTA talvez exista, e se for o caso deve ser nomeada… serve até de reflexão para que a BlogProg não saia chamando todo mundo de PIG.
      Apenas acho que nem tudo que tem sido chamado de BESTA é BESTA… e nem tudo que tem sido chamado de PIG é PIG.

  • Robson de Oliveira

    07/06/2012 #12 Author

    Começo a acreditar que, ou melhor, “estou cada vez mais convencido” que, “esses senhores” buscam informações num órgão novo do governo da área de “informações”.
    Trata-se evidentemente daqueles que se esmeram em justificar o injustificavel, defender o indefensável, promover o “impromovivel ” e, sei lá mais o que!
    Por isso que Lula se estrumbicou com o Gilmar.
    O órgão de inteligência é o C.C.S ( Cervíçu Cecreto Sentrau )

    Onde muitos “brogueiros” se fartam de informações para fazer jus
    aos repasses de dinheiro público!

    Responder

  • Alessandro

    07/06/2012 #13 Author

    Não simplifique, Pannunzio.

    Jornalistas que traem o verdadeiro jornalismo devem ser denunciados como qualquer membro dos poderes constituídos.

    Os problemas no jornalismo são muito sérios também. Você esqueceu que a mídia empresarial é cartelizada? São um entrave à democracia assim como a corrupção política.

    O assunto preferido nos principais blogs do que vc chama de BESTA, cujo financiamento tanto o incomoda, não é a defesa do governo; é a manipulação da notícia, a baixa qualidade da imprensa tradicional e suas macaquices. A atividade destes blogs é absolutamente necessária, em um país em que, p. ex., um empresa jornalística (algumas, na verdade) embarca em farsas como a bolinha de papel (ou rolo de 5 Kg) do Homem Bom; e outra nos brinda com a ficha falsa da Dilma; em que um jornalista bonzinho como o Heraldo Pereira, nos brinda com isto:

    http://g1.globo.com/jornal-da-globo/videos/t/edicoes/v/governo-e-oposicao-discordam-de-sigilo-no-depoimento-na-cpi-do-cachoeira/1938678/

    O governo faz bem em financiar os bons blogs porque são o contraponto a este estado de coisas e à mesmice.

    Acusar estas pessoas de venderem sua opinião é grave. E quanto à possibilidade de haver a simples identificação ideológica na maior parte das circunstâncias? É crime?

    O governo põe um bom dinheiro na mídia amiga (do onça). Então, por que não?

    Aguarde a volta de um governo de direita que tudo voltará a ser como antes. Quem sabe?

    Você se diz preocupado com o jornalismo autêntico. Por que não discorre sobre a necessária regulação da mídia, nos moldes dos países mais avançados? Por que a mídia invoca a paranóia do “controle de conteúdo” toda a vez que este assunto é mencionado? Está vendo que maravilha?

    Responder

  • Pensador

    07/06/2012 #14 Author

    Prezado Fábio Pannunzio, pessoas ligadas diretamente ou indiretamente ao PT tendem a tentar anular qualquer atitude cívica que concorra com a manutenção do poder planejado pelo partido vermelho.
    A verdade deve prevalecer e este é um dos melhores exercícios de cidadania que existem!
    Como a pessoa citada é um blogueiro, vamos dar a vez para ele, afinal, sobra ainda para ele uma atitude digna de um homem, que é se retratar publicamente!
    Os fatos são claros, tudo está à venda em Goías, basta ter dinheiro!
    Errar é normal, corrigir é incrível, continuar no erro é patetice!

    Responder

  • Razumikhin

    07/06/2012 #15 Author

    Os cumpanhêrosl não querem saber de denúncias a respeito de “malfeitos”.. Têm certeza que a roubalheira está sendo muito bem feita.

    Responder

  • SFU

    07/06/2012 #16 Author

    Ah, deixa prá lá, Pannunzio! Esse ENOQUE (ou Enock), deve ser o preferido do sistema, a serviço do crime, diferentemente do verdadeiro Enoque, que era preferido de Deus, segundo as religiões islâmica e judaica. Por esta razão, por estar na defesa do crime, não deve ser tomado por Ele, pois já é mercadoria da BESTA.

    Responder

  • Adriana Vandoni

    07/06/2012 #17 Author

    Difícil saber o que mais admiro em você, sua escrita ou suas idéias. Acho que ambos. Com a rasgação de seda própria dos fãs, posso dizer que você é um dos profissionais mais íntegros que conheci.
    Mato Grosso, como você já sentiu, além de políticos e juízes corruptos, tem um jornalismo vassalo que depois de muito analisar, concluí ser mais danoso ao povo que os próprios corruptos. Da descarada cobrança por ‘mídias governamentais’ passando pela chantagem, chegamos ao cúmulo do leilão de informação. E parte da imprensa de MT que não funciona assim de golpe em golpe, se mostra idiota por convicção.
    Sabe Fábio, agradeço muito a Riva, o deputado que responde a mais de cem processos por improbidade e que quer nos prender por difamação, por ter virado seus olhos para Mato Grosso.
    Beijos

    PS: se eu ficar na mesma cela que Enock, faço um motim. Hahaha

    Responder

    • Fábio Pannunzio

      07/06/2012 #18 Author

      Adriana, você tem sido uma companheira leal e atenciosa. Tenho o maior orgulho de vê-la sobrevivendo incólume num lugar em que a incolumidade moral já causou muitos desastres. Vamos adiante. Agora, além dos que nos processam, temos a adversidade dos malucos mal-intencionados. Um beijo.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *