A decisão da bancada petista foi pela manutenção de Aloizio Mercadante na liderança da legenda. Mas o senador considera a permanência no “cargo” insustentável....

A decisão da bancada petista foi pela manutenção de Aloizio Mercadante na liderança da legenda. Mas o senador considera a permanência no “cargo” insustentável.

O parlamentar usou o miniblog Twitter para anunciar a renúncia. O desligamento dele da liderança deve ser oficializado logo mais, às três da tarde, durante discurso em plenário.

Ontem, Mercadante causou um alvoroço ao se recusar a ler uma carta do PT sobre o posicionamento que a bancada deveria tomar na votação dos recursos que pediam o fim do arquivamento dos processos contra o presidente do Senado, José Sarney (PMDB-AP).

A postura dele causou inclusive a indignação de colegas como Ideli Salvatti (SC) e Delcídio Amaral (MS), que seguindo determinação petista, votaram pelo arquivamento das denúncias contra Sarney no Conselho de Ética.

Também ontem, Mercadante, insatisfeito com a pressão e as cobranças que recaem sobre ele, informou, mais uma vez, que o cargo de líder estava à disposição dos senadores que tivessem qualquer tipo de sugestão para enfrentar a crise, que já dura mais de seis meses.

Comentários


Sem comentários ainda.

Comente!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *