“Não sou corretor”. A frase curta e seca foi a resposta do governador do DF, Agnelo Queiróz, para a pergunta sobre o valor atual...

“Não sou corretor”.

A frase curta e seca foi a resposta do governador do DF, Agnelo Queiróz, para a pergunta sobre o valor atual de sua casa no Setor de Mansões Dom Bosco, a área mais nobre do bairro mais rico de Brasília.

Se atuasse no mercado imobiliário, Agnelo se sairia muito melhor do que tem se saído como governador. Com os R$ 400 mil declarados, qualquer outro comprador sequer conseguiria adquirir um terreno ao tempo em que o negócio foi realizado.

Em 2007, de acordo com duas imobiliárias de Brasília, a fração de 1/8 de um lote padrão no SMDB era de cerca de R$ 500 mil. O lote-padrão originalmente tinha área de 20 mil metros quadrados e podia ser desmembrado em oito terrenos.

Pois o atual governador conseguiu um prodígio: pagou menos do que valia a área sem nenhuma benfeitoria por uma mansão cujo preço de construção estava estimado em pelo menos R$ 5 mil o metro quadrado cinco anos atrás.

Comentários

  • Marcjaguar

    15/06/2012 #1 Author

    Olah Pannunzio

    Soh mesmo o pessoal oriundo das hostes do JEG e da BESTA aceita bovinamente o fato de que o Agnelo declarou ter comprado por R$ 400.000,00 uma casa que vale R$ 5.000.000,00….nada de anormal, apenas habilidade para negociar…rs.
    Ateh para os padroes PeTralhas o Agnelo eh um expoente…hehe.

    Abraco, Pannunzio!

    Responder

  • Jean Raphael

    14/06/2012 #2 Author

    Vamos ver se através da quebra do sigilo ele vai conseguir provar sua inocência…

    Depois dê uma passada no meu blog:
    http://www.fazendodiferente.blogspot.com.br

    Att,
    Jean Raphael

    Responder

    • Fábio Pannunzio

      14/06/2012 #3 Author

      Oi, Jean. Fui dar uma olhada nos seu blog, mas não consegui navegar por ele. O BLogger informa que foi removido. Está certo isso ?

  • Bruno Amaro

    14/06/2012 #4 Author

    Falta ao Pannunzio fazer comentários sobre o Perillo.
    Ele posta matérias sobre as inconguências do Perillo, mas só comenta quando é do Agnello, eita parcialidade!

    Responder

  • Lucas

    14/06/2012 #6 Author

    Acho que o sr. Flávio FURTADO(?) de Farias também acredita em cegonha, papai-noel, sai-pererê e mula-sem-cabeça, pois não?

    Responder

    • Lúcio Wanderley

      14/06/2012 #7 Author

      Pois é! E esse mesmos “sigilo” está quebrado desde 2011. Agnelo é investigado pela sua passagem no ministério, GDF e agora ANVISA. Onde passa deixa rastro!

    • Flávio Furtado de Farias

      14/06/2012 #8 Author

      Excelente argumento. Parabéns!

  • Flávio Furtado de Farias

    14/06/2012 #9 Author

    Pois é, mas a abertura de seu sigilo fiscal, bancário e telefônico demonstrará se houve algum problema.
    Lembre-se que ele é casado com uma médica.
    Ambos são médicos. Há 30 anos.
    Além dos cargos políticos que Agnelo Queiroz ocupou.
    Será mesmo tão estranho?
    Eu acredito no Governador Agnelo Queiroz.

    Responder

    • Rose

      14/06/2012 #10 Author

      Se não me engano, em 2007 esse mesmo governador declarou bens no total R$ 217.000,00. Resultado de 25 anos de trabalho como médico?! E atualmente, qual o valor de seus bens., depois de cargos politicos?

    • Flávio Furtado de Farias

      14/06/2012 #11 Author

      e na quebra do sigilo bancário, fiscal e telefônico, você acredita? com acesso aos deputados da oposição, inclusive!

    • Airton

      14/06/2012 #12 Author

      E porque ele queria restringir a 5 anos retroativo ?
      Outra que queria entender como a Receita Federal pega a nós pobres assalariados na malha fina , por qualquer minima irregularidade e alguém que declara rendimentos de R$ 217 mil e compra uma casa que vale R$ 4 milhões não levanta a minima suspeita . O mesmo vale pro caso aqui de SP .

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *