Da Folha Online. A Secretaria de Imprensa da Presidência do Senado emitiu nota hoje informando a demissão de Maria do Carmo de Castro Macieira,...

Da Folha Online.

A Secretaria de Imprensa da Presidência do Senado emitiu nota hoje informando a demissão de Maria do Carmo de Castro Macieira, sobrinha do presidente da Casa, José Sarney (PMDB-AP). O Senado havia validado ontem a contratação de 45 servidores que haviam sido nomeados por atos secretos. Entre os beneficiados estavam Maria do Carmo e Nathalie Rondeau, filha do ex-ministro Silas Rondeau.

Em nota, o Senado informa que Maria do Carmo foi demitida por “zelo”. “Por zelo, o presidente [do Senado, José Sarney] pediu ao senador Mauro Fecury (PMDB-MA) que a exonerasse”, diz a nota.

Maria do Carmo trabalhava no gabinete do senador Mauro Fecury (PMDB-MA), que assumiu a vaga deixada pela governadora do Maranhão, Roseana Sarney (PMDB).

Segundo a nota, Sarney tentou se informar sobre o caso de Maria do Carmo no Maranhão e descobriu que ela é casada com um primo da governadora Roseana Sarney (PMDB), sua filha.

A nota afirma ainda que essa relação não configura parentesco –de acordo com o Código Civil (artigo 1595, parágrafo 1º). No entanto, diz que há dúvidas sobre a súmula que proíbe o nepotismo, baixada pelo STF (Supremo Tribunal Federal), em 2008.

Comentários


Sem comentários ainda.

Comente!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *