RICARDO BRITO O relator da CPI do Cachoeira, deputado Odair Cunha (PT-MG), afirmou nesta quarta que a campanha à reeleição do governador de Goiás,...

RICARDO BRITO

O relator da CPI do Cachoeira, deputado Odair Cunha (PT-MG), afirmou nesta quarta que a campanha à reeleição do governador de Goiás, Marconi Perillo (PSDB), “foi financiada pelo crime organizado”. “O governador, fica evidente que a sua campanha foi financiada pelo crime organizado. É uma questão grave e será analisada por nós”, disse o relator, ao final do depoimento do jornalista Luiz Carlos Bordoni.

Odair Cunha disse que “prefere acreditar na versão” de Bordoni sobre o pagamento de recursos da campanha de Perillo. À CPI, o jornalista confessou ter recebido via caixa dois a maior parte dos R$ 170 mil pelos serviços prestados para tocar o programa de rádio do então candidato.

Bordoni confirmou as declarações feitas em entrevistas ao jornal O Estado de S. Paulo. Ele disse que foi depositado na conta de sua filha, Bruna, R$ 45 mil referentes a uma dívida de campanha da Alberto & Pantoja, empresa controlada pelo grupo comandado pelo contraventor Carlos Augusto Ramos, o Carlinhos Cachoeira. Também afirmou que recebeu outros R$ 40 mil em dinheiro vivo das mãos de Perillo, no início da disputa de 2010.

O governador disse à CPI ter pagado apenas R$ 30 mil ao jornalista, por meio de uma empresa chamada Arte Mídia. Para o relator, Bordoni prestou serviços a todas as campanhas que Perillo disputou, tendo com ele 14 anos de convivência. Cunha disse que querem desqualificá-lo agora, depois que ele revelou a origem dos recursos com que foram quitadas suas dívidas de campanha.

O relator disse ainda que analisará a sugestão feita por Bordoni de realizar uma acareação entre todos os envolvidos no caso. “É possível que ela (a acareação) seja aprovada no momento oportuno na medida em que há versões controversas e essas versões precisam ser explicitadas”, afirmou.

Beba na fonte: Relator diz que crime organizado financiou Perillo – politica – politica – Estadão.

Comentários

  • Marcjaguar

    28/06/2012 #1 Author

    Caro Pannunzio

    Jah estava demorando para esse deputado-relator (com minusculas mesmo) deixasse cair a mascara e revelasse sua real natureza!
    Uma vez PeTralha, sempre PeTralha! 😛
    Esse parlamentar deve ter tomado umas “duras” de algum cardeal do partido e agora desandou a emitir suas opinioes, numa clara violacao da postura etica que o cargo que ele ocupa na CPMI exige.
    Comecou com aquela cena bizarra em que afirmou que Marconi Perillo estava sendo inquirido como investigado e nao como testemunha, isso depois de ter levado um puxao de orelha de alguem do PT por estar sendo demasiado “suave” (entenda-se “isento”) com o governador de Goias durante durante o depoimento deste.
    Ridicula a postura de Odair Cunha!
    Alias….essa CPI jah se transformou num circo e vai terminar como uma bela pizzaria, pode anotar ae!

    Abraco, Pannunzio! 😀
    Jah passou da hora da oposicao denunciar a

    Responder

  • Douglas Corrêa

    28/06/2012 #2 Author

    Odair Cunha ja julgou ????????

    Responder

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *