A Polícia Federal (PF) desencadeou nesta quinta-feira a Operação DirtyNet com o objetivo de desarticular uma quadrilha que compartilhava material de pornografia infantil na...

A Polícia Federal (PF) desencadeou nesta quinta-feira a Operação DirtyNet com o objetivo de desarticular uma quadrilha que compartilhava material de pornografia infantil na internet. Ao todo, 32 pessoas foram presas através de mandados ou em flagrante, entre elas o radialista Rodrigo Vieira Emerenciano, vulgo Mução. Segundo a PF, os crimes praticados envolviam crianças, inclusive com menção a estupro cometido contra os próprios filhos, sequestros, assassinatos e atos de canibalismo. Segundo as investigações, a rede brasileira tinha conexão com pessoas de mais 34 países.
A investigação foi realizada pela PF em Porto Alegre. A ação teve apoio do Ministério Público Federal (MPF) e da Interpol, a polícia internacional. Segundo a PF, as prisões no Brasil ocorreram em São Paulo (9), Rio de Janeiro (5), Rio Grande do Sul (5), Minas Gerais (5), Paraná (3), Maranhão (2), Ceará (1), Espírito Santo (1) e Bahia (1).
Foram cumpridos, ainda, 50 mandados de busca e apreensão, expedidos pela Justiça federal de Porto Alegre, que resultaram no recolhimento, entre outros acessórios para armazenamento de arquivos digitais, de HDs, computadores, mídias, pendrives, câmeras fotográficas e filmadoras. Em um dos imóveis, em Porto Alegre, os agentes federais apreenderam uma coleção de 5,7 mil fotos e diversos vídeos.

Beba na fonte: Brasileiros compartilhavam pornografia infantil com 34 países – O Globo.

Comentários

  • Flávio Furtado de Farias

    30/06/2012 #1 Author

    Parece que no caso deste Mução aí, houve uma alteração no curso da investigação. O seu irmão confessou ser o responsável pela imagens e movimentação pedófila.

    Responder

  • walter

    29/06/2012 #2 Author

    Pedofilia, triste realidade, mostrando o lado animal e grotesco de alguns seres humanos.

    Responder

  • MarceloF

    29/06/2012 #3 Author

    O Mução devia ser processado também pelas cretinices que ele põe no ar. Pegadinhas absurdas, humilhantes e de profundo mau gosto.
    Sds.,
    de MarceloF.

    Responder

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *