Uma médica lotada no palácio presidencial da Venezuela foi detida por supostamente ter revelado “segredos políticos ou militares que concernem à segurança” do Estado...

Uma médica lotada no palácio presidencial da Venezuela foi detida por supostamente ter revelado “segredos políticos ou militares que concernem à segurança” do Estado entre 2010 e 2012, informou o Ministério Público local.

Ana María Abreu de San Miguel, 51, 12 anos de serviço na sede de governo, disse que a acusação é vazia e se declarou uma “presa política”.

A defesa de Abreu diz que nos autos não há menção sobre a saúde de Hugo Chávez, convalescente de um câncer do qual não revela detalhes. A médica não atende o presidente. A acusada é cunhada da ativista crítica do governo Chávez Rocío San Miguel.

Beba na fonte: Folha de S.Paulo – Mundo – Acusada de revelar segredos, médica da Presidência é presa – 03/07/2012.

Comentários

  • Jose Almeida

    04/07/2012 #1 Author

    Se prestarem atenção a médica não nega as acusações, diz que “são vazias”. E no texto original ou no título não há menção a “supostamente falar da doença de Chavez”.

    Responder

  • marcjaguar

    03/07/2012 #2 Author

    Caro Pannunzio

    Eh algo asqueroso testemunhar fatos como esse e depois ter que ver o Beicola de Caracas receber elogios como se fosse um exemplo de governante democrata e ter seu pais admitido no Mercosul, enquanto o Paraguay eh tratado como se fosse um paria entre as nacoes sul americanas….

    Esta eh a America LaTRIna mesmo…. 😛

    Abraco, Pannunzio!

    Responder

  • rosemeri

    03/07/2012 #3 Author

    Realmente, a Venezuela tem “democracia até demais” mesmo!
    A médica não foi nem fuzilada…

    Responder

  • MarceloF

    03/07/2012 #4 Author

    Enquanto isso, o Paraguai é punido por violações à democracia.
    E a Venezuela entra no Merdosul.
    Sds.,
    de MarceloF.

    Responder

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *