Começou bem. Mas só aparentemente bem. Os líderes do DEM, José Agripino Maia, e do PSDB, Artur Virgílio, acabam de pedir a inversão da pauta...

Começou bem. Mas só aparentemente bem.

Os líderes do DEM, José Agripino Maia, e do PSDB, Artur Virgílio, acabam de pedir a inversão da pauta da sessão desta tarde. Querem votar primeiro as MPs do salário-mínimo e da merenda escolar. Prometem ajudar o governo a aprovar.

Mão Santa não deliberou. Não tem autoridade nem para isso. Vai esperar o senador José Sarney chegar ao plenário, mesmo com a garantia de que a oposição vai ajudar a aprovar por unanimidade as duas matérias.

A oposição está armando uma cama-de-gato para o governo nos dois assuntos mais importantes da pauta, as MPs do Fundo Soberano e da liberação de R$ 100 bi para o BNDES.

Como a ordem deve ser mesmo alterada, essas duas MPs, que são muito importantes para o Executivo, vão ficar para depois. As manobras de obstrução prometem levar a votação para tarde da noite. Só serão aprovadas com todos os senadores na Casa.

O governo vai fechar as porteiras. Se a tropa se dispersar, já era.

Comentários


Sem comentários ainda.

Comente!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *