Na tentativa de preservar o mandato, o senador Demóstenes Torres (ex-DEM-GO) discursou ontem da tribuna do Senado. Com o plenário vazio, pediu desculpas aos...

Na tentativa de preservar o mandato, o senador Demóstenes Torres (ex-DEM-GO) discursou ontem da tribuna do Senado. Com o plenário vazio, pediu desculpas aos colegas e afirmou estar incomodado com o “isolamento” desde que sua ligação com o empresário Carlinhos Cachoeira veio à tona.

Nas últimas semanas, Demóstenes procurou angariar apoio atuando nos bastidores, mas a resistência da maioria dos pares o levou a mudar de atitude, partindo para apelos públicos.

“Os holofotes transformam em comparsa o colega educado que apenas chega a mim com urbanidade. O vazamento em gotas sobre minha fronte me legou a chaga contagiosa do apodrecido pela exposição, não pelos fatos”, discursou, sobre o isolamento.

Ao apelar para a emoção, Demóstenes pediu desculpas nominalmente aos 44 senadores que lhe deram apoio no dia 6 de março, quando falou pela primeira vez sobre o caso. Depois, estendeu as desculpas a todos os senadores.

“Hoje peço perdão por algum constrangimento ou decepção possivelmente causados. E o motivo é a desproporcional campanha difamatória, que pode ter atingido de alguma forma e provocado o silêncio das vozes de apoio.”

No plenário, apenas cinco parlamentares presentes.

Beba na fonte: Folha de S.Paulo – Poder – Demóstenes pede perdão a plenário vazio – 03/07/2012.

Comentários


Sem comentários ainda.

Comente!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *