CIENTISTAS ANUNCIAM DESCOBERTA DO QUE PODERIA SER “PARTÍCULA DE DEUS”

Uma corrida bilionária que já durou meio século pode estar chegando ao seu fim e a ciência estaria a um passo de uma de suas maiores descobertas: a existência da “partícula de Deus”. Na manhã desta quarta-feira, 4, o Centro Europeu de Pesquisas Nucleares (Cern) anunciou em Genebra o que é a mais importante prova da existência da partícula que, para muitos, fecharia a explicação sobre a formação do Universo. A apresentação apontou a descoberta de uma nova partícula subatômica que poderia ser o bóson de Higgs, abrindo uma nova era para a Física.
“Atingimos um marco no nosso entendimento da natureza”, declarou Rolf Heuer, diretor do Cern. “A descoberta é consistente com o bóson de Higgs”, disse.
A teoria é que é essa partícula que garante massa a todas as demais e, portanto, central na explicação do Universo. Conhecida fora do mundo da ciência como “partícula de Deus”, trata-se da última fronteira não resolvida pela física. Nos anos 60, Peter Higgs desenvolveu uma teoria na qual uma energia invisível preencheria um vácuo no espaço. Ao se moverem, partículas são puxadas uma contra as outras, dando massa a um âtomo. Já as partículas da luz não sentem essa atração e não contam com massa. Sem a partícula responsável por unir as demais, átomos não conseguiram ser formados no início do Universo e a vida como a conhecemos hoje simplesmente não existiria. O problema é que sua partícula hipotética – o bóson de Higgs – jamais foi encontrada, pelo menos até hoje.
Depois de acumular dados de milhares de choques de partículas no acelerador subterrâneo construído entre a Suíça e França e que custou US$ 8 bilhões, os cientistas praticamente confirmam a existência de sinais da partícula. Dois experimentos diferentes – os detectores Atlas e o CMS- se lançaram na corrida pela partícula no Cern e hoje estão comparando seus resultados.
Joe Incandela, porta-voz do CMS, confirmou que seu experimento detectou fortes sinais do bóson. “São resultados muito sólidos”, disse. Ao mostrar a tabela, ele mesmo confessou: “nem posso acreditar”. “São indícios muito fortes”, disse. A margem de erro ou variação no dado é de um a cada 1 milhão de eventos.
No Cern, cientistas insistem que o resultado final e a revelação sobre o “Santo Graal” da física só teria como rival a descoberta da estrutura do DNA, há 60 anos. “Essa é a semana mais excitante da história da física”, declarou Joe Lykken, do Fermi National Accelerator Lab (Fermilab) que conduziu as pesquisas nos Estados Unidos nesta semana. Se for confirmada sua existência, a descoberta abrirá o caminho para detalhar o funcionamento de átomos e do próprio Universo.

Beba na fonte: CIENTISTAS ANUNCIAM DESCOBERTA DO QUE PODERIA SER “PARTÍCULA DE DEUS” E ABREM NOVA ERA NA FÍSICA – Jamil Chade – Estadao.com.br.

Comentários

4 thoughts on “CIENTISTAS ANUNCIAM DESCOBERTA DO QUE PODERIA SER “PARTÍCULA DE DEUS”

  1. O boston Higgs ainda precisa ser confirmado definitivamente (a confirmação é provisória). Ainda acredito que ele não existe(aposto que o Hawking ta certo):
    Se o boston de Higgs existir é MUITA CAGADA dos físicos que trabalham na área da teoria de particulas e campos. Uma teoria toda costurada, mal formulada matematicamente (diferentemente da mecanica quantica, não vejo problema nas questões epistemológicas, mas formalismo matematico RIGOROSO é fundamental), com infinitos ajeitados de tudo que é jeito e AINDA DA CERTO!!!! Haja mágica,
    Boston de Higgs=PARTÍCULA DO DIABO,
    Quem tem massa tem massa e pronto (boston H pra que)
    Que ele suma de vez!!! Por uma teoria axiomática quantica de campos e partículas.
    Se ele existir, paciencia, não dá pra negar o fato,
    mas mesmo assim é preciso por em ordem (matematica)
    a teoria.

  2. Senhor Panunzio, é impossível ler matérias de cunho científico sem parar por um momento e pensar, QUE INCRÍVEL!
    Me desculpe mas, minha ignorância estacionou no taoísmo, segundo este, tudo advém de um grande vazio pré existente.
    Mas como um grande vazio pode determinar a existência de algo? Que absurdo! Todavia, a física de nossa época admite a existência de um tipo de matéria chamada matéria escura, que sustenta toda a organização das galáxias do universo, completamente invisível, é o esteio onde toda energia do universo se apóia.
    Enquanto os cientistas se preocupam em encontrar algo menor do que os neutrinos, que passeiam pela intimidadade da matéria, gastando bilhões, a verdade científica foge!
    Como dizia o Pequeno Príncípe, “o essencial não é visível”, os poetas perturbam a lógica analítica dos cientístas com suas asserções de alta qualidade filosófica, enquanto isso, a classe parlamentar se empenha em privatizar os sagrados recursos advindos do sangue do povo com seus esquemas pseudos democráticos!
    Vamos enfim descobrir a partícula da corrupção moral? Existe tal partícula? É possível criar uma CPMI para investigar esta tal partícula? Teremos penitenciárias suficientes para enjaular tantos servidores públicos empenhados em delapidar o patrimônio do estado?
    A classe política representa a matéria escura de nossa sociedade, lentamente mobiliza as riquezas de nosso país de forma tão transparente que a grande maioria nem percebe, que está sendo institucionalmente ASSALTADA!
    Os impostos no Brasil são impostos de guerra, uma guerra contra a dignidade humana! Mas quem parou para refletir sobre isso?
    A partícula de Deus, segundo o Taíosmo, foi em direção do infinito, criar novos mundos, não pode ficar no palco da vaidade humana, tem coisas mais nobres para realizar!
    Ó cientistas! Vamos desvolnver uma ciência para combater a corrupção dos parlamentares do mundo! Depois, teremos todo o tempo do mundo para olhar para a sombra de Deus!

  3. “trata-se da última fronteira não resolvida pela física.”

    Trata-se da primeira das fronteiras nao-resolvida ate a chegada de novas fronteiras. Ainda tem a materia escura, a natureza do grau de liberdade de um buraco-negro, a estrutura da emulsão de maionese (parece prosaico, mas nao estou brincando), as ondas gravitacionais, a demonstracao das dimensoes corretas da teoria das cordas, o fim da expansao deste universo… e, enfim, o que criou “Ex nihilo” o Big Bang ou o que quer que tenha vindo antes.

    Os fisicos terao serviço ate o Sol se apagar…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *