Paraguai exibe “provas” de ação de Chávez

O novo governo paraguaio apresentou ontem vídeos que, segundo ele, comprovam que o chanceler venezuelano, Nicolás Maduro, se reuniu com o alto comando militar do Paraguai antes da deposição de Fernando Lugo da Presidência.

Além do ministro do governo Hugo Chávez, o embaixador equatoriano Julio Prado estaria no encontro.

“Tenho certeza de que serão entregues [cópias das gravações] aos órgãos responsáveis”, afirmou a ministra da Defesa do Paraguai, María Liz García, durante entrevista.

Ela e o presidente Federico Franco acusaram na semana passada os governos da Venezuela e do Equador de tentar promover levante dos militares paraguaios para que Lugo permanecesse no poder.

As imagens divulgadas ontem mostram que os comandantes das Forças Armadas paraguaias e o chanceler venezuelano estavam presentes no palácio do governo, em Assunção, no dia 22 de junho, momentos antes de o Congresso aprovar o impeachment, em processo que durou pouco mais de 30 horas.

Beba na fonte: Folha de S.Paulo – Mundo – Paraguai exibe “provas” de ação de Chávez – 04/07/2012.

Comentários

19 thoughts on “Paraguai exibe “provas” de ação de Chávez

  1. Putz, o Pannuzio é curintiano mano e não aprovação dos comentários. Vai curintian……é nóis mano.

  2. Nao entendi o provas entre aspas. Caso nao seja, o que seria considerado prova, uma declaracao assinada pelo proprio ditador Chacez?

  3. O presidente empossado Franco,deve continuar com essas atitudes para demonstrar aos farsantes criminosos do Foro de São Paulo,que o país tem soberania.

    Chávez,é um farsante criminoso,que precisa desencarnar com a máxima urgência.Trata-se de um “bagaço espiritual”,
    que em nada contribuiu para a democracia,a liberdade e a
    livre determinação dos povos.Se acha o máximo da fraude bolivariana.

    Incrível é a conivência e subserviência da dublê de presidente da República,Dilma Ruimsseff,em negar a independência do Brasil,participando desse grupo de comunistas do Foro de São Paulo (Brasil,Argentina,Uruguai,Bolívia,Equador,Cuba,…).

  4. O que dizer dessa nota? “Provas” entre aspas explica. Uma mentira de um governo golpista, nepotista (já empregou a irmã e o cunhado em 24h) e se mostra a cada dia mais totalitário. Tramou a publicação de um video editado numa rede de TV, expulsou um chanceler baseado numa mentira publica.
    E o pior, tem gente que cita esse video como se fosse verdadeiro. Agora a pouco a Leilane Noublait(é isso?) da GloboNews, deu a noticia da expulsão do chanceler dando como verdadeiro o video editado de um corredor sem audio. Imprensa (de o adjetivo que quiser) existe em qualquer lugar e nem precisa de ditadura.

  5. Caro Pannunzio

    Apesar do Paraguay ter agido de maneira correta no processo de impeachment do ex-presidente Lugo e de ter sido sacaneado por Brasil, Uruguay e Argentina nessa pantomima que foi o processo de inclusao da Venezuela como membro efetivo do Mercosul, tambem acho que a Ministra da Defesa paraguaia estah forcando um pouco a mao nessa estoria de que o governo do Beicola de Caracas tenha tentado promover uma rebeliao militar no pais.
    Essa declaracao me parece um tanto quanto inverossmil, uma vez que era de amplo conhecimento de que o padre taradao que governava o Paraguay jah nao tinha o apoio de praticamente nenhuma instituicao do pais, dentre elas, as Forcas Armadas.
    Que fique claro que quando Argentina, Ecuador, Bolivia, Venezuela e Brasil (o grandao bobo da turma) se reunem, nao se deve esperar muita coisa boa como resultado, mas ainda ssim, acredito que nao houve esse tipo de acao por parte dos fundamentalistas bolivarianos.

    Abraco, Pannunzio!

  6. Blog da Cidadania não serve e não serve porque é um blog fundamentamente daquela corrente marxista com tempero latino americano, francamente pró petista, pró governos “bolivarianos” e anti-americano.

    Ah, também é anti-imprensa tradicional e a fervorosamente a favor da Ley de Medios. Faz parte daquela corrente de pensamento vigente que considera a imprensa tradional como a raíz de muitos males deste mundo.

    Portanto, já vem com opinião formatada sobre o bem consolidado alicerce ideológico que coloquei acima.

    Bem diferente daqui, que vocês poderão ver Pannunzio mandando o bambu no governo PSDB de SP, com críticas bastante ácidas e merecidas, diga-se.

    Da mesma forma como tem chamado atenção para a lástima que é a politica externa brasileira nos ultimos tempos.

    Para finalizar: posta-se divergencia aqui.

    Se eu postar isso lá, ou sou censurado ou sou detonado por outros comentaristas (com a devida autorização do moderador).

    To mentindo ?

    Se não posso pegar uma opinião no Mídia Sem Máscara e colocar aqui.

    • É mais esta argumentação utilizada por você é uma falácia. Basta você verificar o conceito de falácia e sua classificação que você vai entender porque é uma falácia. Não precisa me dizer que não é. Pois é.
      .
      A informação é um vídeo postado com as imagens completas e não as editadas pelo Paraguai.

    • Tah tudo muito bem…tah tudo muito bom….
      Eu concordo que a ministra da defesa do Paraguay estah forcando a mao com esse video, usando-o como argumento para comprovar a ingerencia da Venezuela, por meio de seu chanceler, nas questoes internas do Paraguay, ou mesmo por tentar insuflar uma rebeliao militar no pais, etc, etc, etc…..tudo bastante inverossimil.

      Mas o que nao ficou claro para mim eh o fato de que os chanceleres da UNASUL se reuniram com a cupula militar do Paraguay e nao com o chanceler paraguayo, o que seria o mais logico a ser feito. Ou estou enganado?
      Por uma questao de logica, chanceleres devem se reunir-se com seu colega ao visitarem um pais supostamente em crise. Ou nao?
      A partir do momento em que chanceleres de paises estrangeiros vao a sede do governo de um determinado pais para se reunirem com a cupula militar desse pais, ainda que tivessem ido para disputar uma partida de xadrez e tomar um cafezinho, tal fato pode dar margem a outras interpretacoes, inclusive a de tentativa de insuflmanto de um golpe, ou nao?
      E repito….onde estao presentes a Argentina, Bolivia, Venezuela, Ecuador e Brasil, via de regra nao se pode esperar boa coisa.
      Nao eh dificil inferir que nao apenas o chanceler venezuelano tentou promover uma rebeliao militar no Paraguay, mas que todos os demais chanceleres e o proprio Secretario Geral do orgao que se reuniram com os chefes militares paraguaios tinham o mesmo objetivo.

      Se tivessem procurado se reunir com o ministro das relacoes exteriores paraguayo ou mesmo com os representantes do legislativo ainda seria logico….mas foram se reunir logo com os militares??

    • Você solicitou que para “falar porque não serve” e eu pontuei.

      Este debate não seria possível no Cidadania.

      Chavez é um mentiroso. Como são mentirosos Evo, Correa e os irmãos Castro. Como também são Ahmadinejad e Natanyahu. Como são Bush Jr e Bush Pai.

      Esta lista de mentirosos que pontuei também é uma lista de fanáticos.

      Portanto não acho que esta acusação de intervenção da Venezuela no Paraguai seja grosseira ou absurda ou impossível de ter acontecido. O Chavez demonstrou inumeras vezes que não tem limites.

      Ele não é confiável nem para nosso governo de esquerda – e já meteu várias boladas nas costas dos brasileiros na época do Lula.

      Agora se vc acha que vale tanto esforço para defender famoso beiçola de Caracas, fique a vontade.

  7. Esta argumentação copiei do blog da Cidadania (não me venha aqui os comentaristas seus dizer que não serve. Têm que explicar porque não serve):
    A grosseria dessa acusação é espantosa. E mais espantosa ainda é a ausência, na mídia brasileira, do vídeo usado pelos golpistas paraguaios para “comprovar” a “ingerência” de Venezuela e Equador e do vídeo usado pelo governo venezuelano para rebater essa acusação.

    O vídeo original, manipulado pelos golpistas, foi apresentado na terça-feira (3.7) pela rede de televisão venezuelana TeleSUR. Mostra que o chanceler venezuelano Nicolás Maduro não se reuniu sozinho com os militares paraguaios pouco antes da queda de Lugo, como afirmam os golpistas.

    A filmagem original foi feita por uma câmera de segurança e tem aproximadamente três minutos de duração. E mostra que, à diferença da acusação da chancelaria paraguaia, o chanceler venezuelano não tentou “incitar” uma sublevação militar contra a decisão do congresso paraguaio.

    Chega a ser ridícula a acusação e mais ridículo ainda é a mídia brasileira dar eco a ela sem demonstrar a farsa que foi tentada pelos golpistas paraguaios após a sucessão de farsas que vêm encenando.

    Ora, qualquer um que tenha acompanhado o caso sabe que os chanceleres da Unasul foram despachados às pressas para o Paraguai na véspera da sessão do congresso desse país que derrubou o então presidente Fernando Lugo.

    A diferença do vídeo apresentado na terça-feira pela ministra da defesa do Paraguai, María Liz García, e emitido pela rede Telefuturo é a de que mostra apenas um segmento das imagens no qual se vê apenas o chanceler venezuelano reunido com chefes militares paraguaios.

    No entanto, o vídeo completo mostra que na tal reunião estiveram presentes, também, os outros chanceleres dos países da Unasul que viajaram às pressas ao Paraguai. Inclusive com a participação do Secretário Geral do organismo, Alí Rodrigues Araque.

    Todos os chanceleres dos países da Unasul já confirmaram que se reuniram com a comitiva militar para avaliar a situação política paraguaia e para saberem dela se as forças armadas tinham participação na iniciativa do congresso de depor o presidente constitucional do país.

    O vídeo manipulado foi divulgado por ordem do “presidente” golpista Federico Franco, segundo informações do Assessor Especial da Presidência da República do Brasil para Assuntos Internacionais, Marco Aurélio Garcia.

  8. Pois é, Pannunzio, eu gosto de seu blog. Mas vou fazer aqui uma crítica, esta história de você simplesmente trazer a notícia sem uma análise SUA, sem se posicionar, significa uma de duas coisas:
    (1) concorda plenamente com o que foi postado;
    (2) não concorda plenamente, mas furta-se a comentar.
    Se a primeira opção, tudo bem. Assumimos como seu o posicionamento do que foi postado.
    Mas, se for a situação dois, isto torna um pouco difícil o blog ter um CARÁTER pois nunca sabemos se concorda ou não com o postado. (Esta característica em um blog pessoal é criticável).
    .
    Esta postagem por exemplo ignora (de propósito) outras informações sobre o tema. Sabe-se que a história é bem diferente do que está postado. Para mim isto é DESINFORMAÇÃO.

    • Flávio, você poderia indicar o link para o vídeo original?

      Você afirmou que TODOS chanceleres presentes no Paraguai participaram da reunião com os chefes militares. O Patriota também estava lá. Teria ele participado?

    • Flávio, pelo visto você tem mais informação do que os próprios chefes militares que participaram da reunião. Todos são unânimes em afirmar que o chanceler Maduro fez pressão sim, para que houvesse uma reação militar. Leia e explique o seguinte depoimento:
      “opinan los foristas
      Uno de los militares, el general de división Ángel Vallovera, aseguró a la comisión de Defensa Nacional, Seguridad y Orden Interno de la Cámara de Diputados, que estudia el caso, que la reunión con los altos mandos militares fue convocada por el expresidente Lugo.
      Al término de la reunión con la comisión, el diputado del partido colorado Hugo Velázquez aseguró que los militares presentes – además de Vallovera, el excomandante del Ejército, general Garcete, el exjefe de la Armada, almirante Benítez Fromherz, y el excomandante del Regimiento Escolta Presidencial, coronel Amarilla- concuerdan con el general de la Aviación, general Christ Jacobs, que asistió el lunes, en que “efectivamente el canciller Maduro con el embajador venezolano Javier Arrué aprovecharon las circunstancias permisivas” dejadas por Lugo para “inmiscuirse” en asuntos nacionales y “tratar de persuadir a los militares a que no acepten lo que estaba haciendo (juicio político) el Congreso nacional”.”

      Você estava lá?

  9. Os governos da Venezuela, Cuba, Equador e Bolivia é que se pode chamar de flagelo vindo do inferno. Não passam de um bando de irresponsáveis. São bolcheviques adoradores do Fidel Castro. Só perdem para os fundamentalistas religiosos a solta neste mundo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *