Da Folha Online. Gabriela Guerreiro A Comissão de Fiscalização Financeira e Controle da Câmara rejeitou nesta quarta-feira requerimento de convite para Iraneth Weiler, ex-chefe...

Da Folha Online.

Gabriela Guerreiro

A Comissão de Fiscalização Financeira e Controle da Câmara rejeitou nesta quarta-feira requerimento de convite para Iraneth Weiler, ex-chefe de gabinete da Receita Federal, prestar depoimento sobre o suposto encontro da ex-secretária da Receita Lina Vieira com a ministra Dilma Rousseff (Casa Civil). A base aliada do governo mobilizou os deputados para derrubar o pedido e, com folga, impediu que Iraneth fosse convidada para esclarecer o encontro.

Sem maioria na comissão, a oposição retirou de pauta requerimentos de convocação de Dilma e do ministro Guido Mantega (Fazenda) para falar sobre o suposto encontro. Deputados do DEM e PSDB também retiraram de pauta requerimentos de convite para Lina, o atual secretário da Receita Federal, Otacílio Cartaxo, e a chefe de gabinete da Casa Civil, Erenice Guerra.

Chefe da Gabinete da Receita Federal na gestão Lina, Iraneth teria confirmado o suposto encontro no qual Dilma teria pedido para Lina “agilizar” as investigações na Receita sobre familiares do presidente do Senado, José Sarney (PMDB-AP). A ex-secretária da Receita Federal sustenta que, no final do ano passado, foi chamada por Dilma para o encontro na sede da Casa Civil.

Lina afirma que interpretou o pedido como orientação para encerrar as investigações sobre familiares do peemedebista, numa espécie de “ingerência politica” de Dilma sobre a Receita. A ministra nega o encontro. O GSI (Gabinete de Segurança Institucional) também argumenta que já apagou as imagens do circuito interno de TV do Palácio do Planalto que poderia comprovar a ida de Lina ao local.

Segundo o Gabinete de Segurança Institucional, as imagens são destruídas a cada 30 dias –por isso os arquivos não têm como ser recuperados pelo governo. O GSI também se recusou a encaminhar ao Congresso, a pedido da oposição, planilha com os carros que estiveram no Palácio do Planalto no final do ano passado.

A Comissão de Finanças e Tributação da Câmara também vai tentar aprovar convocação, nesta quarta-feira, para Dilma comparecer à comissão. Também há requerimentos de convite para Lina e Iraneth, mas os governistas trabalham nos bastidores para impedir que os textos sejam aprovados pelos integrantes da comissão.

Para ler esta notícia na íntegra, basta clicar aqui

Comentários


Sem comentários ainda.

Comente!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *