Bye-bye, Demóstenes

Demóstenes Torres deve ser cassado amanhã.

Já vai tarde.

A única coisa a lamentar é que tanto tempo tenha sido necessário para cumprir o formalismo processual. Tivéssemos uma constituição paraguaia e o dublê de lobista da contravenção e senador da República não teria durado duas horas.

Que os colegas piedosos consigam ser, ao menos no momento de declinar o voto, tão implacáveis como ele foi com seus opositores. Que o mandem logo para o Hades da política.

Demóstenes Torres vai para o lixo da história. O “Guardião”, sistema que interceptou sua pornografia com a contravenção, serviu para revelar ao País como um homem pode ser hipócrita e mentiroso. Como alguém pode ser manipulador e farsante. Como pode alguém enganar a todos com sua empáfia moralista e sua vida canhestra.

Bye-bye, Demóstenes.

Espero sinceramente vê-lo no ostracismo. E desejo a você o que de melhor você puder extrair do seu círculo íntimo, das duas amizades criminosas, das suas conspirações contra a moral e a ética.

Que você tenha o que merece: o limbo e a vergonha, se é que lhe sobra alguma.

Comentários

11 thoughts on “Bye-bye, Demóstenes

  1. O que me entristece é que as motivações para execrar Demóstenes são diferentes. Eu por exemplo, lamento que a despeito da sua atuação, atuasse nos bastidores fazendo o contrário. Outros lamentam por odiarem sua atuação que denunciava malfeitos e asnices de certo partido. Ora, o fato de ele ser bandido não absolve as asnices do dito partido. Continuam errados. Não se alegrem pois!

    É triste ter que dizer estas coisas. Deveria ser óbvio em 2012 que adotar práticas leninistas de “centralismo democrático” e buscar “recuperar na América Latina o que foi perdido no Leste Europeu” são coisas absurdas. Mas não são no Brasil. E isso diz muito sobre nosso presente e infelizmente, sobre nosso futuro. No momento não tenho esperanças. A esquerda fascista está vencendo. Leiam fascista na acepção clássica do termo = estado máximo, dirigismo economico com escolha de “amigos” vencedores, falsa democracia, judiciário comprado.

  2. E jah vai tarde, esse lobo vestido em pele de cordeiro!
    Agora quero ver quando eh que se vai ter tanto “rigor investigatorio” em relacao a parlamentares governistas ligados a atividades nao republicanas.
    Ou serah que os corruptos estao soh na oposicao?

    Abraco, Pannunzio!

  3. Pannunzio, apesar dos “Demóstenes Torres”, não queiramos estes ritos sumaríssimos paraguaios. Não. Não mesmo. Que tenham a oportunidade de defesa,até mesmo para não pairar dúvidas. E desta forma fiquem no Hades da política.

  4. Demóstenes já foi, mesmo absolvido, nunca será o mesmo de antes, nunca mais vai poder apontar o dedo para ninguém nem fazer oposição a nada.

    Tanto faz ser ou não cassado, ele já está pagando por ser desmascarado.

  5. Infelizmente, ainda é cedo para comemorar. Com o voto secreto ele pode receber a solidariedade de seus pares. Existem dezenas de Demostenes no Senado que podem se solidarizar. Concordo com o texto, ele vai tarde, mas no Brasil é mais seguro aguardar a votação antes de qualquer comemoração.

    Lembremos do Renan Calheiros, que continua lá e comanda os bastidores.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *