A pedido do senador Humberto, e com a concordância dos líderes dos partidos, os relatores do caso Demóstenes Torres no Conselho de Ética (o...

A pedido do senador Humberto, e com a concordância dos líderes dos partidos, os relatores do caso Demóstenes Torres no Conselho de Ética (o próprio Humberto Costa) e no plenário (Pedro Taques) terão mais 20 minutos cada um para expor seus argumentos.

O réu pediu o mesmo privilégio e foi atendido.

Por isso, é previsível que o julgamento tome uma hora a mais do que o previsto.

Neste momento, Humberto Costa apresenta seus argumentos da tribuna do Senado.

Comentários


Sem comentários ainda.

Comente!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *