Da Folha Online. Depois de se livrar de processo por quebra de decoro parlamentar na Câmara, o deputado Edmar Moreira (sem partido-MG), conhecido por...

Da Folha Online.

Depois de se livrar de processo por quebra de decoro parlamentar na Câmara, o deputado Edmar Moreira (sem partido-MG), conhecido por ser dono de um castelo avaliado em R$ 25 milhões, voltou a se filiar a um partido. Agora, o deputado integra os quadros do PR. Segundo aliados, no entanto, ele não deve voltar às urnas em 2010.

Moreira chegou à Câmara filiado ao DEM, mas deixou o partido com as denúncias de que teria utilizado irregularmente a verba indenizatória. A relação do deputado com a legenda estava desgastada depois que ele resolveu disputar e vencer como candidato avulso –sem apoio do partido– o cargo de segundo-vice-presidente.

A filiação de Moreira é criticada por deputados do PR. Nos bastidores, os progressistas dizem que a desfiliação é “desnecessária”. Apesar de ter se livrado da cassação do mandato, o deputado ainda enfrenta problemas na Justiça e pode ser alvo de uma investigação no TCU (Tribunal de Contas da União).

O STF (Supremo Tribunal Federal) acolheu em maio a denúncia contra Moreira. Ele e sua sócia Júlia Fernandes Moreira são acusados pelo crime de apropriação indébita de contribuições previdenciárias –teriam sonegados R$ 50 milhões.

Leia esta matéria na íntegra clicando aqui.

Comentários


Sem comentários ainda.

Comente!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *