Da Folha Online. Os resultados dos exames que o vice-presidente José Alencar realizou nesta sexta-feira no hospital Sírio-Libanês, em São Paulo, mostraram que os...

Da Folha Online.

Os resultados dos exames que o vice-presidente José Alencar realizou nesta sexta-feira no hospital Sírio-Libanês, em São Paulo, mostraram que os tumores na região do abdômen cresceram.

Segundo a assessoria de Alencar, com base nos exames, os médicos concluíram que o tratamento experimental que o vice-presidente faz nos Estados Unidos contra o câncer não está surtindo efeito e foi suspenso.

Os médicos sugeriram outras alternativas de tratamento para Alencar, que deverá dar uma resposta na próxima semana.

Apesar do diagnóstico, o vice-presidente deixou o hospital no início da tarde de hoje e retornou a Brasília.

Alencar fazia um tratamento experimental no Centro Oncológico MD Anderson, em Houston (Texas), um dos maiores centros especializados em câncer do mundo.

No dia 24 de julho, o vice foi submetido a uma colostomia –procedimento no qual se faz uma abertura no abdômen para drenar as fezes. O procedimento já havia sido sugerido em cirurgia anterior, mas Alencar preferiu não fazê-lo.

Essa foi a segunda intervenção cirúrgica do vice em apenas um mês e a 15ª dos últimos 12 anos em tratamentos contra o câncer, descoberto em 1997.

Segundo os médicos, a colostomia foi necessária em razão da presença de tumores na região pélvica que impediam o funcionamento normal do intestino.

Comentários


Sem comentários ainda.

Comente!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *