Andressa (Cachoeira) Mendonça é uma mulher bonita e instigante. Deslumbrou o País quando desfilou como aspirante ao posto de Musa da CPI estrelada pelo...

Andressa (Cachoeira) Mendonça é uma mulher bonita e instigante. Deslumbrou o País quando desfilou como aspirante ao posto de Musa da CPI estrelada pelo marido Carlinhos.

Até aqui, salvo uma declaração ou outra denotando sua incrível ingenuidade, vinha se comportando como uma exemplar mulher de preso. Levava quetinha para o marido, fazia companhia a ele, visitava-o amiúde. Chegou a ser cogitada para uma cadeira na Câmara Federal. Pelo que demonstrou, tem um imenso talento para a política.

O que não se sabia é que, além de bonitinha, ela também é… extraordária!

Extraordinária nas artes de pressionar e ameaçar juízes. Foi o que se soube na manhã desta segunda-feira agitada em Goiânia.

Andressa Cachoeira foi detida por ter ameaçado um juiz. A ameaça, feita verbalmente e por escrito, segundo o magistrado, tinha por objeto um dossiê que poderia comprometer o juiz, amigo e vizinho de fazenda de pessoas que o esquema pelo qual Andressa se movimenta considera gente suspeita.

No afã de obter um habas-corpus para o maridão presidiário, ela teria dito ao juiz que tudo terminaria para ele se o bicheiro seu esposo fosse solto.

Alderico Rocha, o juiz, se sentiu muito ofendido com a “oferta” da extraordinária Andressa Cachoeira. Decidiu comunicar ao Ministério Público, que também não achou graça nenhuma na oferta, e mandou fazer um baculejo no cafofo dourado em que a musa faz sua pousada.

Resultado: a brincadeira terminou com a imposição de uma fiança de R$ 100 mil que, se não for paga até depois de amanhã, pode reunir o casal Cachoeira no xilindró.

A ordem partiu de outro juiz — Mark Yshida –, que também mandou fazer a devassa na casa onde, às 7 horas da manhã desta segunda-feira, Andressa foi acordada pelo alarido de uma equipe da Polícia Federal. Yshida também determinou que a primeira-dama da jogatina fique bem longe das testemunhas e réus do processo, inclusive de seu maridão.

Agora as visitas vão secar. Cachoeira, que no SPA-Puda já perdeu 18 quilos, provavelmente vai sentir saudade de sua leal companheira. Terá que aguardar a eventualidade de outros depoimentos para fazer suas conhecidas declarações de amor.

Pior do que isso só há uma coisa pendente de acontecer. É Andressa perder definitivamente o posto de musa da CPI para Denise Rocha, a ex-assessora do deputado Ciro Nogueira que perdeu e emprego só porque vazaram um video em que ela desfila as virtudes de sua nudez, que não são poucas, diante da câmera de um amante indiscreto.

Comentários

  • Ricardo

    31/07/2012 #1 Author

    Sabe o que é mais hilário nessa história toda? A mesma canalha petista que queria atear fogo em praça pública no Gilmar Mendes por confirmar o achaque do Lula, agora aceita sem questionar a história de outro juiz que, em situação igual, sofreu um achaque da mulher do Cachoeira… Um peso, duas medidas, ou somente a ética petista do “vale tudo pelo poder”?

    Responder

    • Vivi

      01/08/2012 #2 Author

      Vc parece não se ter dado conta, Ricardo, de que Gilmar Mendes goza de uma péssima reputação entre essas pessoas a quem você se referiu como “a canalha petista” – aliás, devo dizer que me incluo entre as pessoas que têm um péssimo conceito do juiz.
      Tivesse sido outro ministro do STF o envolvido, creio que a reação “da canalha” – e minha também – seria diferente.

  • Jose Almeida

    31/07/2012 #3 Author

    Pelo que eu tô lendo tão querendo jogar a culpa no juiz???? Não entendo, um juiz faz uma denuncia e ninguém acredita nele? Então que moral tem o juiz pra julgar o Cachoeira? É um juiz sem credibilidade. Fora com ele e devolvam o dinheiro da bela.
    O bate cabeça ontem sobre a publicação ou não do nome do Policarpo mostra que o jogo é sujo, muito sujo.

    Responder

    • Big Head

      01/08/2012 #4 Author

      Ô Zé Almeida, de que o jogo seja sujo nenhum de nós tem a menor dúvida, né? Porém sei bem onde está a máquina de dejetos, sacô? De minha parte, apesar dos graves erros cometidos (1. reunir-se a sós com quem não é parte no processo; 2. atender ao pedido de que se retirasse uma assessora sua da sala um pouco antes da chantagem e 3. não dar imediata voz de prisão à beldade), acho que o togado diz a verdade e a mentira teria partido mesmo daquela tentação que atende pelo nome de Andressa. A coisa é tanta que até São Thomaz Bastos, o padroeiro das causas impossíveis e mal-cheirosas, pulou fora. Dá pra imaginar?

  • Jacutinga

    30/07/2012 #5 Author

    Huumm !!! Em se tratando desta turma, já senti a catinga…
    Como é que é este caso ???
    Alguém deve ser muito burro nesta estória (serei eu ?);
    Cachoeira ?
    Será que uma pessoa tão enfronhada no crime organizado, com tantos conhecimentos no mundo e sub mundo , desde apontadores do “bicho” até senadores (pode ter gente até mais importante), com mestrado e doutorado em chantagem ( honoris causa é o outro, o aprendiz meio rouco), mandaria a amada amante chantagear um juiz em seu gabinete, com um papelucho manuscrito e uma conversa de “cerca lourenço” mais fraca do que café de pensão ? Um homem que paga 15 milhões ao maior “raposa” do direito, não teria uns quinhentinhos para pagar um mané qualquer para fazer o “aviso”, e em vez disto arrisca sua “gata”?
    Andressa ?
    Uma mulher bonita, charmosa, filha de político, empresária, formada, “esperta” e com bastante experiência de vida, será que se prestaria a ir a um gabinete de um juiz, se arriscando a ser filmada e gravada para tentar chantagem ?
    O Juiz ?
    Que recebeu em seu gabinete figura mais conhecida do que moeda de um real, pediu uma assistente presente, e na hora do “tchan” dispensa a “testemunha” ? E, que depois de ter sido tchaantageado, não prendeu em FLAGRANTE a meliante? E depois “inocente e inadvertidamente” deixou escapar que o motivo da chantagem era um suposto “dossiê” preparado pelo Policarpo ? Ele viu o “dossiê” ? Se não viu, como pode ser tão irresponsável em divulgar isto ? Huumm…
    Eu ?
    Que me dei ao trabalho, gastei e perdi meu tempo em verificar o que o 247 e o PHA diziam do caso ! Como se já não soubesse ??
    Agora, vem VIVI, só falta você por aqui…

    Responder

    • Vivi

      31/07/2012 #6 Author

      É óbvio que o jagunço de chapéu já deu a sua versão dos fatos (e disse que tinha demorado porque estava “entrevistando um advogado sobre alguns detalhes do mensalão”!! essa foi de lascar) e suas hienas amestradas prontamente a compraram.
      Ele tem o dom de penetrar na mente das pessoas, é impressionante!, parece até que as conhece intimamente (no caso do doce Poli e do Cachoeira, eu não teria a menor dúvida que sim!).
      Como reconheço, humildemente, que não possuo o mesmo dom, só posso imaginar que o juiz talvez possa ter preferido deixar para fazer a “apreensão” da moça na casa dela e, de quebra, pegar também o tal dossiê, para constatar se se tratava ou não de um blefe.
      Quanto a usarem a bela Andressa para o golpe, a versão de que era a sua amada etc e tal é tão fraca! Será que o amor do bicheiro por ela é sincero? Não seria ela uma “inocente útil” para o esquema? Ao abrir sua linda boca, ela sempre me pareceu ser sonsa demais para estar apenas “interpretando”…
      Enfim, o repugnante tem bons motivos para tentar desfazer o “boato”, e esse é justamente o motivo pelo qual eu não acredito nele.

    • Vivi

      31/07/2012 #7 Author

      A propósito: não li a defesa escrita pelo capanga. Mas uma vez que o “pensamento” de alguns aqui reflete exatamente o que lêem por lá, nem será preciso eu ter esse desprazer, tampouco me prestar a esse sacrifício…

    • SideShow Bob

      31/07/2012 #8 Author

      “Usarem a bela Andressa…” “Ao abrir sua linda boca…” Poxa Vivi, eu jurava que você era mulher.

    • Vivi

      31/07/2012 #9 Author

      Comentário cretino, SSB.
      Uma mulher não pode achar a outra bonita? Só na sua mente minúscula.

    • Jacutinga

      31/07/2012 #10 Author

      Oi Vivi, eu chamei e você veio !!
      Só faltava você no listão do meu comentário !
      Vivi, você veio, viu e venceu ! Valeu…
      Ps: Não deixe de ler minha “declaração” das 02:47 !

    • Jacutinga

      31/07/2012 #11 Author

      Já que você não gosta de ler, principalmente coisas sérias e verdadeiras, vou pedir para o SPONHOLTZ desenhar para você, OK ?
      PS: Tamancada de amor não doi…
      KKKK RS RS RS QUA QUA QUA
      Paz e amor !

    • Vivi

      01/08/2012 #12 Author

      Pelamordedeus! Vai me desculpar a sinceridade, mas acho o tal do Sponholz um lixo. Não se ofenda, por favor. Gosto não se discute… rsrsrsrs

      E tamancada de petralha, não dói, não? (pois, para você, é o que eu sou, não é mesmo?) 🙂

  • Maria

    30/07/2012 #13 Author

    Estão” armando” novamente contra a Veja. Eles não sossegam.
    Assim como você, Pannunzio, tambem não acredito que Policarpo esteja envolvido. Vamos ver o que está forjado nestes computadores.

    Responder

  • Marcjaguar

    30/07/2012 #14 Author

    Caro Pannunzio

    O papel dos vagabundos eh esse mesmo…tentar manchar e reputacao alheia.
    Exatamente como aquela estoria das 200 ligacoes telefonicas entre Cachoeira e Policarpo, que no fim das contas eram apenas 2 e caracterizavam (segundo a PF) de contato tipico da atividade jornalistica.
    Ah, essa Veja…. 🙂

    Abracos, Pannunzio!

    Responder

  • Jose Almeida

    30/07/2012 #15 Author

    Se a imprensa for publicar só o que pode ser comprovado não vai publicar nada. Quantas matérias tem só OFF ou fonte anônima? A veja mesmo publicou uma reportagem sobre contas do Lula no exterior e acrescentou uma nota “Como não deu pra provar que a noticia era falsa Veja resolveu publicar”. Descobriu-se depois que a fonte era o Dantas. O mais engraçado é que no site de O Globo esta a notica correta, já no JN, o Bonner desconcertado nem conseguiu encarar a camera no final da meia-matéria. Só não entendo porque o UOL/Folha também não dá a noticia completa. O Panuzio, o Josias vão pelo mesmo caminho. Até o Reinaldo deu a noticia completa com uma completa trama diabólica pra prejudicar a Veja. É mais um caso pra demonstrar que jornalismo não tem nada a ver com fatos, cada um publica o que quer.

    Responder

  • Silva

    30/07/2012 #16 Author

    Pannunzio, se você não acredita que a Veja está envolvida, tudo bem, mas omitir a natureza da chantagem supostamente realizada é impedir que seus leitores tenham as bases para fazer os julgamentos que reputarem convenientes. Prefiro que as minhas fontes de informação e reflexão me digam o que há de relevante sobre os temas abordados, mesmo que seja noticiando tudo e afirmando haver aspectos não críveis em partes da história. Fazer de conta que algo não existe reduz a confiança.

    Responder

    • João Bosco Cury

      31/07/2012 #17 Author

      Silva.
      Concordo plenamente com vc.
      Foi esse o objetivo de minha pergunta.
      PQ omissão de informação? Blindagem? Corporativismo?

  • Justo

    30/07/2012 #18 Author

    O texto do Reinaldo sobre isto é muito verossimil!
    Mas acho que a defesa dos “mensaleiros”encontraram um furo para adiar o julgamento…
    Vamos conferir.

    Responder

  • Otavio.

    30/07/2012 #19 Author

    Pannunzio, acho que não entendi. Vários órgãos de imprensa noticiaram que o tal juiz disse que a Andressa citou a Veja e o Policarpo. Jornalista que inclusive já é suspeito de ter uma relação pra lá de estreita com Cachoeira. FATOS. Mas vc prefere omitir esses FATOS porque não acredita. É isso?

    Responder

  • Vivi

    30/07/2012 #20 Author

    O mais engraçado dessa história toda é que DIZEM POR AÍ que ela teria ameaçado o juiz com um dossiê preparado pelo doce Poli, da VejaBandida!
    Sugiro a seguinte manchete: “Veja tenta resgatar seu pauteiro da prisão!” Se for verdade, claro…

    Responder

    • Jacutinga

      31/07/2012 #21 Author

      Oi Vivi, gosto tanto de ti…
      Você que é uma pessoa tão séria, posicionada politicamente e engajada, o que pode entender de pauteiro ??
      Deixa estas coisas de pauteiro para a Maria Machadão !
      As vezes fico com raiva de você pelas suas observações mal criadas e impertinentes, as vezes sinto pena, pelas “chineladas” que leva de uns e outros. Sinto até um pouco de ciume. Chinelada na Vivi, só eu posso dar entendeu rapaziada !!
      Será que isto é amor ?
      No meu outro comentário eu te provoco mais um pouquinho tá bom ?
      Respeitosamente,
      BJS

    • Vivi

      31/07/2012 #22 Author

      Êpa!! Como assim?!?!
      A tamancada tirou vc do seu juízo?
      😀

  • João Bosco Cury

    30/07/2012 #23 Author

    Pannunzio.
    Vc se esqueceu de informar (Vide G1) que a Andressa ameaçou o juiz com o dossie produzido pelo Policarpo de Veja.

    Responder

    • Fábio Pannunzio

      30/07/2012 #24 Author

      N˜qo, eu esqueci de dizer que ela disse que o dossiê foi produzido pelo Policarpo. Quer saber ? Eu n ão acredito nisso!

    • Big Head

      30/07/2012 #25 Author

      É isso aí, Pannunzio. Todo o cuidado é pouco, senão periga teu blog virar sucursal das caixas de comentários da Besta. A história toda é bem confusa e…………. nojenta. A pergunta que grita os pulmões fora é a seguinte, João Bosco: se o jornalista de Veja era pau-mandado de Waterfall, por que este,que de idiota não tem nadica de nada, iria comprometê-lo justamente com um Juiz tido por rigoroso? Esse povo, de fato, pensa que lida com tolos. Como diz um deles lá, até o mundo mineral sabe quem são seus alvos prediletos. Colocar, novamente!, um dos principais no olho do furacão viria bem a calhar, não? No mínimo, turva ainda mais o ambiente, às vésperas de evento tão importante. Está certo que dali nada se espera de bom, mas, ao que parece, a proximidade do julgamento do mensalão tem a proeza quase impensável de tornar cada vez mais maciça a cara-de-pau dessa gente. A foto do post é, por supuesto, deveras estimulante. Em mim, consegue despertar até mesmo a tolerância ante a tremenda asneira que a clicada falou. No entanto, sabemos todos que o que estimula alguns não é esse boquinha tronxa, tampouco o belo par de olhos que minha mente teima em enxergar por debaixo do rayban. O que estimula essa gente é aquilo que estimula essa belíssima fêmea a se apaixonar a defender com unhas e dentes um cara como Cachoeira. Amor? Mêibe. Mas você sabem bem do que estou a falar…

      P.s: Como ando meio fora de forma (como diriam os Titãs: “família, família…”), tento, tal qual velho boxeador visualizando o ringue, a catar um passado nem tão distante assim, espero, ansiosamente pelo quilométrico comentário do Jotavê, tentando, em vão novamente, provar, nos mííííííííííííííínimos detalhes que essa história toda é verdadeira. Apesar de não passar da terceira linha, sua tentativa de comprovar a verossimilhança da “Lista de Furnas Reloaded” foi comovente pela dedicação. Pena que oca de conteúdo. Como ia dizendo, antes de ser interrompido por mim mesmo, espero pelos doze tomos de comentários, prometendo, pelo menos isso!, tentar lê-los e, caso a preguiça macunaímica me tome conta, como sói acontecer, prometo ainda publicar um conto machadiano em resposta a cada um, afinal, vocês gastariam o mesmo tanto de tempo para ler, mas, garanto, a coisa seria muuuuuuuuito mais gratificante.

      Abraços a todos

    • Flávio Furtado de Farias

      31/07/2012 #26 Author

      Não acreditar nisto tudo bem. Mas sonegar a informação reduz a credibilidade de seu blog.
      Pannunzio, apresente as informações e faça suas análises. Afirme que não acredita. Mas não sonegue informações.
      Não estou querendo pautar seu blog, é óbvio que é seu. Mas a credibilidade de seu blog (como o de qualquer outro) depende de transparência.

    • Marcjaguar

      31/07/2012 #27 Author

      PeTralha eh uma mesmo um ser pra lah de esquisito…..
      Quando se trata de negar o escandalo do mensalao = conjugacao dos crimes de corrupcao ativa + corrupcao ativa + formacao de quadrilha….elaboram verdadeiras pecas de fundamentado saber juridico/estatistico/analitico para descontruir uma a uma as teses da PGR.
      Mas quando se trata de levantar suspeita sobre um caso altamente duvidoso como essa tal chantegem que teria sido praticada pela bonitinha (mas extraordinaria, nas palvras do Pannunzio….rs) esposa do Cachoeira, parece que padecem de algum tipo de recuo mental e nao sao capazes sequer de questionar que o caso estah mais para novela das 7 da Globo do que para algo que realmente aconteceu.
      Afinal de contas, por que serah que o Cachoeira, com tanta influencia, conhecimento e sobretudo, com tanto $$$$$ iria expor a propria esposa a uma situacao de risco como essa?
      Serah que nao paira nenhuma sombra de duvida sobre as “iluminadas mentes” PeTralhas que tal situacao possa estar sendo executada de forma deliberada para criar um “fato novo” justamente na semana em que se iniciarah o julgamento da Quadrilha??
      Como diria o Robin: “Santa ingenuidade, Batman”…. 😛

      Abraco, Pannunzio!

    • MarceloF

      31/07/2012 #28 Author

      Nem eu, Fábio!
      Isso é coisa de gente cretina, mais interessada em jogar poeira nos olhos do que em entender os fatos.
      Mas o tal juiz deveria ter dado voz de prisão para a gata bicheira imediatamente! Aliás, nem deveria ter concordado em recebê-la sem testemunhas (mandou sair a assistente da sala a pedido da fulana).
      Sds.,
      de MarceloiF.

    • Vivi

      31/07/2012 #29 Author

      Não é porque vc acha que ele DEVERIA ou NÃO DEVERIA, que muda alguma coisa!
      Não era vc que estava lá!

    • Marcjaguar

      31/07/2012 #30 Author

      Nem vc, Vivi….rs.

    • Vivi

      01/08/2012 #31 Author

      Mas não sou eu quem está “brigando” com os fatos!!

    • João Bosco Cury

      31/07/2012 #32 Author

      Uma “esquecimento” de informação e quanta seleuma.

    • MarceloF

      01/08/2012 #33 Author

      Sra. Vivi,
      “deveria” não implica achismo da minha parte. Disse que o juiz deveria ter dado voz de prisão pela tentativa de extorsão pq. é isso que manda a LEI. O juiz errou. Isso é fato, não é opinião. Era um flagrante, tornado fraco pq. o juiz dispensou a funcionária que poderia testemunhar a tentativa. Leia mais. Quem sabe vc. apende alguma coisa.
      Sds.,
      de MarceloF.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *