A organização Human Rights Watch (HRW) enviou nesta sexta-feira, 3, uma carta para a presidente Dilma Rousseff e para o chanceler Antonio Patriota, em que...

A organização Human Rights Watch (HRW) enviou nesta sexta-feira, 3, uma carta para a presidente Dilma Rousseff e para o chanceler Antonio Patriota, em que critica a adesão recente da Venezuela ao Mercosul. Há duas semanas, a HRW publicou um extenso relatório sobre a situação de direitos humanos no país, classificando-a como “precária”.

No documento, assinado pelo diretor para as Américas da HRW, José Miguel Vivanco, a entidade afirma que “se os países-membros do Mercosul ignorarem o compromisso de proteger e promover os direitos básicos e as instituições democráticas, transmitirão a mensagem infeliz de que os compromissos internacionais no Protocolo de Assunção são promessas vãs”.

Segundo a entidade, sediada em Washington, a entrada da Venezuela no bloco é uma “oportunidade” para que o governo Dilma e os outros integrantes do Mercosul “enfrentem os graves problemas de direitos humanos na Venezuela atualmente”. A HRW destacou ainda a “responsabilidade” dos países de lidar com o tema.

Beba na fonte: Em carta a Dilma, ONG critica adesão da Venezuela ao Mercosul – internacional – geral – Estadão.

Comentários


Sem comentários ainda.

Comente!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *