Da Folha Online. A Secretaria de Saúde de Minas Gerais confirmou nesta terça-feira novas mortes em decorrência da gripe suína –a gripe A (H1N1)–...

Da Folha Online.

A Secretaria de Saúde de Minas Gerais confirmou nesta terça-feira novas mortes em decorrência da gripe suína –a gripe A (H1N1)– e o número total saltou de 12 para 21 no Estado.

O novo balanço do órgão inclui as duas mortes contabilizadas pelo Ministério da Saúde em Minas, mas que ocorreram em outros Estados –Pernambuco e São Paulo. As duas vítimas, porém, eram moradores de Minas.

Com a confirmação, o total de mortes no país já chega a, pelo menos, 598 –segundo dados das secretarias estaduais de Saúde.

Entretanto, os óbitos não foram contabilizados pelo Ministério da Saúde que, até a semana passada, somava 557 mortes no país decorrentes da gripe suína.

Outros Estados

Hoje também, a Secretaria de Saúde de Goiás confirmou nesta terça-feira a primeira morte em decorrência da gripe suína –a gripe A (H1N1)– no Estado. A vítima é o prefeito da cidade de Sanclerlândia, Carlos Magalhães dos Santos, 39, que morreu nesta segunda (31) no HGG (Hospital Geral de Goiânia.

Já a Secretaria de Saúde de Santa Catarina confirmou mais 12 mortes em consequência da doença. Com isso, o total de óbitos já chega a 32 no Estado.

Mais cedo, o Pará confirmou a segunda morte por gripe suína no Estado. De acordo com a Secretaria Estadual de Saúde, a vítima é uma mulher de 19 anos que morreu ontem.

Leia mais sobre este assunto clicando aqui.

Comentários


Sem comentários ainda.

Comente!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *