Os corpos do advogado do ex-presidente Fernando Collor de Mello e ex-ministro do Tribunal Superior Eleitoral,  José Guilherme Villela, e da mullher dele, Maria...

Os corpos do advogado do ex-presidente Fernando Collor de Mello e ex-ministro do Tribunal Superior Eleitoral,  José Guilherme Villela, e da mullher dele, Maria Villela, foram enterrados no início desta noite no Cemitério Campo da Esperança, em Brasília.

Ele, a mulher e a empregada, Francisca Nascimento, foram encontrados mortos ontem no apartamento em que residiam, na 113 sul. A descoberta foi feita pela neta do casal, que não os via desde a última sexta-feira. Foi ela quem inclusive chamou a polícia.

A suspeita é a de que os três foram vítimas de latrocínio, que é o roubo seguido de morte. Isso porque algumas joias da família não foram encontradas no local do crime.

Hoje também a delegada responsável pelo caso anunciou que encontrou a faca que pode ter sido usada no assassinato de José, Maria e Francisca. Somente o advogado foi encontrado com marcas que contabilizam pelo menos 30 facadas.

José Guilherme Villela era considerado um advogado exemplar e foi o responsável, no final de 1992, pela leitura da carta de renúncia de Collor no plenário do Senado Federal.

Comentários


Sem comentários ainda.

Comente!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *