Após nove horas de reunião, a General Motors e o sindicato dos metalúrgicos acertaram que 940 funcionários terão suspenso o contrato de trabalho por...

Após nove horas de reunião, a General Motors e o sindicato dos metalúrgicos acertaram que 940 funcionários terão suspenso o contrato de trabalho por um período de 100 dias na unidade de São José dos Campos (SP).

Nesse período, eles vão receber bolsa do FAT (Fundo de Amparo ao Trabalhador) e apenas parte do salário será pago pela montadora.

O acordo evita a demissão de 1.840 empregados considerados excedentes.

Os demais 900 vão continuar na linha de montagem do modelo Classic.

A GM vai ainda ampliar o PDV (Plano de Demissão Voluntária) para todos os 7.500 funcionários da fábrica.

Beba na fonte: Folha de S.Paulo – Poder – GM e metalúrgicos acertam suspensão do contrato de 940 – 05/08/2012.

Comentários


Sem comentários ainda.

Comente!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *