O primeiro-secretário da Câmara Federal, deputado Rafael Guerra, determinou a suspensão das perícias feitas pelo Serviço Médico da Casa. A “quarentena” de sete dias,...

O primeiro-secretário da Câmara Federal, deputado Rafael Guerra, determinou a suspensão das perícias feitas pelo Serviço Médico da Casa. A “quarentena” de sete dias, que começou no último dia 2 e se estenderá até o próximo dia 9, foi decretada em virtude da contaminação de quatro dos seis servidores responsáveis pelas perícias pelo virus H1N1, causador da Gripe Suína.

Um comunicado interno distribuído ontem (quarta-feira, 2) informa que os funcionários contaminados passam bem e evoluem normalmente.

Todos os demais serviços continuam sendo prestados sem interrupção.

Abaixo, a íntegra do comunicado interno.

 

Caros servidores,
Como já foi veiculado pelo Departamento Médico, através da “Revista da Casa”, o setor de Perícia Médica daquele órgão interrompeu suas atividades de 2 a 9 de setembro, em virtude de que, dos seis funcionários que ali prestam serviços, quatro estão contaminados com o vírus da Influenza A H1N1. A medida é plenamente justificável em vista das atribuições dos colegas, que estão bem e recuperam-se de acordo com as previsões, além de garantir um período de quarentena de sete dias.
É importante ressaltar que o serviço de emergência do Departamento Médico continua funcionando normalmente.
A administração da Câmara dos Deputados, assessorada pelo Comitê de Prevenção e Controle da Gripe Influenza A H1N1, permanece atenta para o assunto e tudo fará em nome da saúde da nossa coletividade.
Deputado Rafael Guerra
Primeiro-Secretário

Comentários


Sem comentários ainda.

Comente!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *