Tolerância zero. Foi esse o tratamento dado pela PM do Distrito Federal a um grupo de cerca de 50 manifestantes que pediam a saída...

Tolerância zero. Foi esse o tratamento dado pela PM do Distrito Federal a um grupo de cerca de 50 manifestantes que pediam a saída de José Sarney da presidência do Senado.

O confronto aconteceu no fundo do palanque oficial. A confusão começou quando os manifestantes, correndo, se aproximaram da grade que separava o público do espaço reservado às autoridades e à imprensa.

Um senhor de aproximadamente 60 amos de idade levou uma gravata. Quem assistiu a cena diz que houve uso exagerado da violência para conter os manifestantes.

O grupo usava máscaras cirúrgicas e narizes de palhaço.

José Sarney não estava presente à parada e não viu o que aconteceu. Não havia no palanque nenhum representante do Poder Legislativo.

Comentários


Sem comentários ainda.

Comente!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *