Tamiflu é o nome comercial da principal arma quimioterápica empregada contra o vírus da chamada Gripe Suína. É fabricado pelo laboratório Roche e já...
Tamiflu é o nome comercial da principal arma quimioterápica empregada contra o vírus da chamada Gripe Suína. É fabricado pelo laboratório Roche e já não pode ser mais encontrado em farmácias e drogarias.  O fabricante informa que o remédio é bem tolerado e os efeitos colaterais, quando se manifestam, são leves, como náuseas e vômitos.
A medicação não foi desenvolvida especificamente para essa devastadora cepa de vírus. Ela é efetiva contra influenza (gripes) dos tipos A e B. A da gripe suína é tipo A. A dose recomendada para adultos é de dois comprimidos por dia. Há também uma solução destinada ao uso pediátrico. Crianças com um ano ou mais podem tomar o remédio.
O governo informa que tem nove milhões de kits. O princípio ativo, o fosfato de oseltamivir, está armazenado em galões que, uma vez abertos, têm que ser logo formulados para que o prazo de validade não expire antes que ele seja ministrado.
O remédio atua como inibidor da produção da enzima viral neuramidase, impedindo a entrada do vírus nas células e também sua reprodução. A ingestão do medicamento deve começar no segundo dia após a apresentação dos sintomas e se estende por cinco dias, período no qual deve acontecer a recuperação completa do paciente.
De acordo com a Roche, não há interação entre o Tamiflu e outros remédios – sejam eles controladores cardíacos, analgésicos ou diuréticos. E também não há informação sobre superdosagem.
Quem quiser mais informações pode obter a bula original no post logo abaixo.
Comentários


Sem comentários ainda.

Comente!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *