A BESTA (Blogosfera Estatal), rede de sites pagos pelo governo para defender mensaleiros e atacar as instituições, move mais uma campanha para tentar equiparar,...

A BESTA (Blogosfera Estatal), rede de sites pagos pelo governo para defender mensaleiros e atacar as instituições, move mais uma campanha para tentar equiparar, no plano moral, o ministro Joaquim Barbosa e os corruptos petistas por ele condenados. A última assacação trata da constituição de uma empresa nos Estados Unidos para a aquisição de um apartamento em Miami pelo presidente do STF.

O procedimento é absolutamente legal e regular nos Estados Unidos. Tem por objetivo assegurar a transmissão de bens a eventuais herdeiros em caso de morte do proprietário do imóvel. Todo mundo que compra um imóvel na Flórida faz o mesmo caminho, que nada tem de imoral ou irregular. É o caminho oferecido pela legislação americana para impedir que o fisco tribute a transmissão desse do bem em quase metade de seu valor.

A “denúncia” em questão é feita com base na publicação de documentos de constituição da empresa com a clara intenção de revelar vícios e ilicitudes de um processo que nada tem de anormal ou anômalo. A empresa tem sido apresentada como uma “offshore” presidida pelo magistrado para abrigar uma burla à legislação tributaria brasileira. É outra falácia, a segunda em um mês. Na primeira tentativa, os lobistas midiáticos dos mensaleiros tentaram criminalizar um voo de volta para casa, em avião de carreira, feito por Joaquim Barbosa na mesma data da abertura da Copa das Confederações.

Não caia nessa esparrela. Joaquim Barbosa, a quem o País deve a condenação dos corruptos petistas, não tem nenhuma afinidade moral com o estilo de vida ou as referências éticas dos que o acusam. O presidente do STF tem renda suficiente para justificar uma transação que hoje é acessível a toda a classe média brasileira.

Tentar desmoralizá-lo para salvar a pele dos ladrões do PT não cola.

É apenas o que restou aos vândalos da política que, depois de amargarem a derrota da PEC-37, verem esvaziada a PEC-33 e não conseguirem emplacar a volta da censura travestida em ‘controle social da mídia’, agora tentam depredar o patrimônio ético dos que se interpuseram entre os ladrões e o butim.

 

 

 

 

Comentários

  • joao.uirapuru

    30/07/2013 #1 Author

    Chegou “A Hora e a Vez de Joaquim Barbosa”.
    Todo o Tirano tem sua Hora.

    Responder

  • joao.uirapuru

    30/07/2013 #2 Author

    Vamos aguardar o correr dos fatos, em agosto 2013:
    -Volta o Congresso;
    -Volta o CNJ;
    -Volta o STF;
    -Volta toda a BlogOsfera;
    -Volta o MFP;
    -Sai Roberto Gurgel em 15 de agosto;
    -Entra “Nova” Procuradora Geral da República;
    -Volta Eliana Calmon;
    -Volta Roberto Barroso;
    -Volta a AJF;
    -Volta a ABJ;
    —————————————————
    O Joaquim só tem uma saída:
    Sair para tratar das Hemorróidas e não voltar mais.

    Responder

  • Anton

    29/07/2013 #3 Author

    Servidor pode ser acionista, cotista e até mesmo único dono. mas não pode ser gerente. É proibido uma empresa ter endereço em apartamento funcional.

    Responder

  • fernando Puga

    23/07/2013 #4 Author

    A empresa ASSAS é sediada no Brasil, no endereço residencial do Dr. Joaquim.
    A lei 8.112, o Estatuto do Servidor Público, fixa claramente em seu art. 177:
    Art. 117. Ao servidor é proibido:
    X – participar de gerência ou administração de sociedade privada, personificada ou não personificada, exercer o comércio, exceto na qualidade de acionista, cotista ou
    E a Lei Orgânica da Magistratura é mais clara ainda:
    Art. 36 – É vedado ao magistrado:
    I – exercer o comércio ou participar de sociedade comercial, inclusive de economia mista, exceto como acionista ou quotista;
    II – exercer cargo de direção ou técnico de sociedade civil, associação ou fundação, de qualquer natureza ou finalidade, salvo de associação de classe, e sem remuneração;
    Ora, fere o mais basilar bom-senso que um servidor brasileiro não possa ser o dono de um armarinho no país e possa ser diretor de uma empresa em Miami. Empresa com sede no Brasil está sujeita à lei brasileira, não importando se o seu registro comercial está na Flórida, em Nairóbi ou em Mônaco.

    Responder

    • Lúcio

      26/07/2013 #5 Author

      A empresa foi aberta em regime de ações, como é comumente feito nos EUA. Você mostrou a lei e esqueceu de observar o ponto no qual JB se inseriu!

    • Anton

      29/07/2013 #6 Author

      Servidor pode ser acionista ou cotista e até mesmo único dono, mas não pode ser gerente. É

  • José Carlos

    23/07/2013 #7 Author

    1 milhão hoje em dia é o preço de um kitnet no RJ…

    Responder

  • Roberto Souza

    23/07/2013 #8 Author

    A BESTA ataca até mesmo para responder um texto publicado em seu blog! E, claro, distorcendo – como é normal vindo deles – os argumentos.
    O cidadão, além de presidente do STF é professor universitário. Ele não vive apenas de seu salário de professor. Anteriormente, ele advogava. Esses “detalhes” são esquecidos para facilitar os ataques.
    Basta a petralhada bisbilhotar – como também sói entre eles – a declaração do IRPF dele. Se houver algo de estranho, com certeza a BESTA vai mostrar.
    A preocupação de que cidadãos brasileiros possam abrir empresas no exterior para esconder subornos e corrupção deveria existir sempre. Ou será que os petralhas não sabem das contas que seus asseclas já possuem no exterior? Será que não sabem que seus aliados de sua base de apoio não possuem contas no exterior? É muita “inocência” … Mas eles pretendem que isso seja usado contra o presidente do STF!

    Responder

  • Valéria Gasperini

    23/07/2013 #9 Author

    Eu sou da classe média, jornalista free e, aos 45 anos, consegui comprar sozinha um apartamento maravilhoso em São Paulo que custa R$ 600 mil. Isso faz quase três anos e já está praticamente quitado. Não precisei roubar para conseguir isso. Ah, sim, eu faço sacrifícios para dar conta de tudo e ainda pago todos os meus impostos. Outro sacrifício, considerando que não tenho nenhum retorno disso, e que meu dinheiro suado financia os ladrões que o STF está tentando colocar na cadeia.

    Se eu tivesse trilhado a carreira brilhante do Joaquim Barbosa, certamente, meu apartamento seria de um milhão, na Flórida. Fácil, fácil.

    Responder

  • Luiz Nascimento

    23/07/2013 #10 Author

    Impossível uma convivência pautada no bom senso com essas BESTAS.Não olham para o próprio rabo,comprido ,cabeludo e imundo.Procuram fazer de um magistrado,NEGRO,DE ORIGEM HUMILDE,LUTADOR,TRABALHADOR,QUE GALGOU TODOS OS CARGOS COM PROBIDADE E MUITA LUTA,é posto em comparação com essa gang super articulada que so faz projetos para ganhar fortunas.Um Ministro do supremo ganha mais do que o presidente.Um ministro tem direito a retornar a sua base de origem uma vez por semana.Um ministro tem direito de assistir a um jogo ao lado de um amigo.O que não se admite é um presidente tornar-se BILIONARIO e fazendo com que seus seguases,inclusive o filho,tambem enriquqcerem ilicitamente.DEIXEM OS HOMENS DE BEM EM PAZ E tentem corrigir os erros dos seus comparsas.

    Responder

  • Lázaro Benedutti

    23/07/2013 #11 Author

    Acho que ainda veremos coisa muito pior do PT até as eleições.
    O mais chato é que eles se colocam como perfeitos, tiraram milhões da miséria….basta ficar 5 minutos parado em qualquer praça brasileira para ser ver que andamos para trás, regredimos, a qualidade de vida da população piorou muito.

    Responder

  • Salomon Weetabix

    23/07/2013 #12 Author

    Se o valor divulgado for correto, 1 milhão de reais, é equivalente a uma quitinete em Brasília, e olhe lá.
    Como o PT sabe que será surrado nas urnas e tem ódio de quem fala a verdade, orquestrou uma campanha ridícula contra um brasileiro de honra.
    Porque não falam do Lulinha e de que vive Delúbio hoje?

    Responder

    • Marcos Hein

      03/08/2013 #13 Author

      Ao acaso, se se confirmarem as falcatruas do PT, do Lula e do seu filho, isso redimiria as falcatruas do JB? Justificariam? Todos tem que ser tratados da mesma forma ainda mais funcionário público, tem que se investiga e apurar, se tiver falcatrua afastar…estamos fartos de corrupção!

  • Luiz Felipe

    23/07/2013 #14 Author

    A gente fica besta mesmo quando lê coisa do tipo: ‘O presidente do STF tem renda suficiente para justificar uma transação que hoje é acessível a toda a classe média brasileira’. Ou é uma confissão de que o governo petista tornou possível a classe média comprar apartamentos de 1 milhão sendo PROFESSOR e ministro do STF, ou é um lapso na tentativa de defender o indefensável. As próprias atitudes do Barbosa (usar avião no dia do jogo e ir assistir a partida, usar influência pra conseguir emprego para o filho na Globo, levar jornalistas dessa emissora para sua premiação no exterior, comprar apartamento em Miami com as ‘sobras’ e ainda usar artifícios legais, mas imorais, para burlar o pagamento de impostos, a estupidez com a imprensa) o desmoraliza, não precisa da ajuda de ninguém, nem mesmo desta defesa apaixonada típica da ANTA (Aliança Nacional pró-Tucanos Aloprados). Patrimônio ético? Talvez, mas duvido. Imprudente? Com certeza!

    Responder

    • Marcos Hein

      03/08/2013 #15 Author

      Realmente, os reacionários estão furiosos, muitos deles aqui lembram denúncias contra o Lula, o seu filho, o Delúbio, e pasme, já teve Ministro que caiu até por comprar tapioca com cartão corporativo (o que também sou contra).
      Mas quando é denúncia contra seus “ídolos de barro” ficam com raivinha.
      A lei é pra todos, todos tem que ser investigados, independente de partido.
      O Joaquim Barbosa, como Presidente do STF além de seguir o princípio da Legalidade, tem que seguir também o princípio da Moralidade.
      Ele tem que servir de exemplo, ter um filho contratado pela Globo, e julgar processo do pai do Huck é lamentável, viajar com avião da FAB pagando boca livre para jornalista Global para a Costa Rica, participar de “festinha surpresa” para pai de Huck, e criar Offshore com sede em apartamento funcional além de ser ilegal é imoral!

  • ana

    23/07/2013 #16 Author

    Sim Rafael!! A classe media. Aquela que quem sabe nem eu nem você fazemos parte, mas, ainda a classe media.

    E não a classe media que este governo mentiroso e oportunista que fazer crer que quem recebe hoje 1.500 reais faz parte.
    Não faz!!! Com o salario que recebe ele pode sim comprar um imovel nos EUA, que diga-se de passagem tem um valor menor que os deste país.

    Responder

  • ana

    23/07/2013 #17 Author

    Na contramão da moralidade “BESTA” se torna não só uma sigla, como uma afirmação do que eles realmente são!!

    Responder

  • Victor

    23/07/2013 #18 Author

    No final Pannunzio, a abertura de uma empresa, por parte de um servidos público é legal ou ilegal? Porque você cita a legislação norte americana, mas não fala nada sobre o Estatuto dos servidores públicos.

    O que me preocupa é que esse tipo de tese, defendida por você ao justificar a abertura de empresas no exterior segundo a legislação do dos EUA, também justificaria que personagens pudessem abrir empresas no exterior e no Brasil nunca poderíamos saber sobre suborno, desvio de verbas, e outros crimes cometidos.

    Abraços,

    Responder

    • José Carlos

      23/07/2013 #19 Author

      Que “raciocínio”! Servidor público pode ter empresa, mas não pode participar como gerente.

      Tem gente que super “inteligente”.

    • Lúcio

      26/07/2013 #20 Author

      A Lei da Magistratura não veda a associação comercial sob quotas ou na qualidade de acionista (art. 36). Joaquim está coberto pela lei.

    • Anton

      29/07/2013 #21 Author

      Não, não está. Servidor pode ser acionista ou cotista e até mesmo único dono, mas não pode ser gerente.

  • junia lara

    23/07/2013 #22 Author

    ué, mas não é vedado a membros da magistratura ter sociedade em empresa?

    Responder

    • Anton

      29/07/2013 #23 Author

      Servidor pode ser acionista ou cotista e até mesmo único dono, mas não pode ser gerente.

  • Raphael Barreto

    23/07/2013 #24 Author

    Acessível a toda classe média???????

    Responder

    • Coxinha Medios

      23/07/2013 #25 Author

      …talvez queria dizer.. coxinhas médios.. aquele que torcem para trabalhador viver somente com a esmola que a empresa lhe da sob forma de salário. trabalhador não pode ter outro emprego deve sofrer e morrer com aquilo, penalidade ? demissão por justa causa. Coxinha media pode tudo, até ap. em miami

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *