Claudio Leal, do Terra Magazine Principal acusador do senador Arthur Virgilio (PSDB), no caso do pagamento a um funcionário que residia na Espanha, Renan...

Claudio Leal, do Terra Magazine

Principal acusador do senador Arthur Virgilio (PSDB), no caso do pagamento a um funcionário que residia na Espanha, Renan Calheiros (PMDB) sofre agora uma denúncia semelhante. Em conversa com Terra Magazine, por telefone, na noite desta segunda, 14, Calheiros negou saber que seu ex-assessor Rui Soares Palmeira estudou na Austrália em parte do período em que trabalhou na presidência do Senado.

– Nunca soube. Ele que tem de explicar… Não sei. Na época eu fui presidente. Não sei qual era a lotação dele, onde estava lotado. Não sei de nada, não. Se viajou, tirou férias… Não sei – afirma Renan.

O jornalista Fábio Pannunzio, da Bandeirantes, publicou ontem em seu blog uma entrevista com o atual deputado estadual alagoano Rui Palmeira (PR), filho do ex-senador Guilherme Palmeira. Ele admite ter feito um curso de inglês na Austrália, de dezembro de 2005 a março de 2006, no Metro College. Nesse período era funcionário do Senado. A exoneração veio em 31 de Março de 2006.

“Aproveitei o período de recesso e de carnaval. Até aquele ano o recesso era mais longo, ia de 15 de Dezembro a 15 de Fevereiro”, declarou Palmeira ao jornalista Pannunzio. “Eu conversei com o presidente Renan. Ele me pediu para conversar com o meu chefe imediato, que era o Dr. Hélder, e se não houvesse problema eu poderia ir. Eu conversei com o Dr. Hélder, e não haveria problemas desde que eu ficasse só o período do curso. Eu pedi exoneração de lá e fiquei mais um mês na Austrália”, completou o ex-assessor.

– Prestava serviço lá no Senado. Mas eu não sei de viagem – sustenta Renan.

O PMDB representou contra o senador Arthur Virgilio por ter mantido em seu gabinete um funcionário que estudava teatro em Barcelona, na Espanha. Virgílio admitiu o erro na tribuna do Senado e no Conselho de Ética. Em 19 de agosto, o processo foi arquivado.

Leia a íntegra da conversa com o senador Renan Calheiros:

Terra Magazine – O atual deputado Rui Palmeira teria trabalhado no gabinete do senhor e também estudado no exterior, num caso análogo ao do senador Arthur Virgilio…
Renan Calheiros – Não sei… Nem se trabalhava no meu… Não sei.

Em 2005, ele foi para a Austrália.
Eu não sei. Não sei.

O filho de Guilherme Palmeira trabalhou no seu gabinete, o senhor confirma?
Trabalhou no meu gabinete… Prestava serviço lá no Senado. Mas eu não sei de viagem.

Para a Austrália?
Não sei.

O senhor não está inteirado?
Não sei…

O blog do Pannunzio publica declarações de Rui Palmeira. Diz assim: “Fui fazer um curso lá de Dezembro a Março”, conta o ex-assessor de Renan Calheiros. “Aproveitei o período de recesso e de carnaval. Até aquele ano o recesso era mais longo, ia de 15 de Dezembro a 15 de Fevereiro”…
Não sei.

O senhor vai tomar pé desse assunto?
Não, eu não sei, nunca soube disso. O Arthur (Virgilio) diz que ele teria autorizado a pessoa a ir. Eu nunca soube disso. Nunca soube da viagem.

Falo em relação ao Rui Palmeira…
É Rui Palmeira.

Trabalhou em seu gabinete e o senhor nunca soube da viagem dele?
Não, nunca soube. Ele que tem de explicar.

De qualquer modo, se for confirmado, o que senhor pretende fazer?
Eu? Nada. Eu não sabia. O que eu vou fazer?

Não tem registro de comparecimento no gabinete?
Não sei. Na época eu fui presidente. Não sei qual era a lotação dele, onde estava lotado. Não sei de nada, não. Se viajou, tirou férias… Não sei.

Clique aqui para ler a cobertura completa no Terra Magazine

Comentários


Sem comentários ainda.

Comente!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *