O senador Arthur Virgílio (PSDB-AM) está lendo neste momento a íntegra da entrevista concedida ao Blog pelo ex-funcionário do Senado e atual deputado estadual por...

O senador Arthur Virgílio (PSDB-AM) está lendo neste momento a íntegra da entrevista concedida ao Blog pelo ex-funcionário do Senado e atual deputado estadual por Alagoas, Rui Palmeira.

A revelação de que Palmeira foi autorizado por Renan Calheiros (PMDB-AL) a estudar na Austrália enquanto trabalhava no gabinete do então presidente da Casa, sem prejuízo dos vencimentos, foi divulgada em primeira mão por este Blog na noite de ontem.

Virgílio exigiu do presidente José Sarney (PMDB-AP) a revelação dos nomes de todos os servidores do Senado que foram autorizados a estudar fora do país desde 1995. “Eu exijo. É meu direito. Eu não abro mão de saber quem viajou para o exterior. E se não abro mão é porque não vou admitir não saber a verdade”.

Segundo o líder tucano, diversos embates foram travados com o líder peemedebista, sem que Virgílio, no entanto, citasse nomes ou ofendesse o parlamentar. “Eu jamais falei da Mônica Veloso. Não pronunciei o nome dessa moça e ele não titubeou em falar da minha mãe”, disse ao citar a jornalista com quem Renan teve uma filha e que resultou no escândalo que tirou o senador da presiência do Senado.

Renan Calheiros ocupa agora a tribuna do plenário. Tem gaguejado bastante mas, acreditem: ele não rebate as acusações feitas. No momento, discursa sobre o aniversário de um ano da pior crise financeira por que passa o mundo.

Comentários


Sem comentários ainda.

Comente!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *