As abelhas voltaram a atacar funcionários do Senado, mais especificamente do gabinete do senador Alvaro Dias (PSDB-PR). Os assessores do parlamentar chegaram a imaginar...

As abelhas voltaram a atacar funcionários do Senado, mais especificamente do gabinete do senador Alvaro Dias (PSDB-PR).

Os assessores do parlamentar chegaram a imaginar que a colmeia tinha sido completamente extinta na última semana.

Mas eles se enganaram… hoje, vários desses insetos voltaram a ser encontrados em fúria nas proximidades da Ala Nilo Coelho.

Para conter o enxame, foram acionados alguns bombeiros, além de membros da Comissão de Prevenção de Acidentes da Casa.

Os profissionais prometem voltar durante a noite. Isso porque o extermínio dessas abelhas de nada adianta se eles não conseguirem localizar a abelha rainha.

Se ela ficar viva, a colmeia volta a se formar.

Foi por isso que uma tentativa anterior, na semana passada, fracassou.

A revolução das abelhas é a segunda insurreição seguida do mundo animal contra funcionários da burocracia do Senado.

Dois meses atrás, servidoras do gabinete do mesmo senador ficaram apavoradas quando foram encantoadas por um horrível gambá saruê.

O animal, esquisitíssimo, parece um rato de orelhas enormes, mas é do tamanho de um gato gordo. Tem um aspecto asqueroso e tem o costume de mostrar os dentinhos afiados para donzelas que desfilam pelo jardim de inverno do Senado.

Comentários


Sem comentários ainda.

Comente!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *