O primeiro vice-presidente do Senado, Marconi Perillo (PSDB-GO) acaba de anunciar em plenário que vai colher assinaturas de parlamentares para apresentar uma Proposta de...

O primeiro vice-presidente do Senado, Marconi Perillo (PSDB-GO) acaba de anunciar em plenário que vai colher assinaturas de parlamentares para apresentar uma Proposta de Emenda à Constituição.

A ideia é proibir a cobrança de impostos em cadernetas de poupança e nos rendimentos das contas.

A medida vai de encontro ao anúncio feito ontem pelo ministro da Fazenda, Guido Mantega.

O modelo que deve ser proposto no Congresso Nacional ainda esta semana mantém a isenção de Imposto de Renda para investimentos na poupança de até R$ 50 mil.

No entanto, o mesmo projeto estipula a taxação de 22,5%, cobrada na fonte sobre o rendimento relativo à parcela que exceder esse valor.

O governo estima que essa nova fórmula renda entre R$ 500 milhões e R$ 1 bilhão em 2010.

Comentários


Sem comentários ainda.

Comente!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *