A tarde linda de um inverno quente

IMG_5220

A foto aí em cima registra um momento que tem se repetido todas as tardes deste inverno quente. Com o ar seco e o céu limpo, o pôr-do-sol tem sido um espetáculo delirantemente bonito. A foto foi captada na ciclovia da Marginal do Pinheiros, rio transformado em um valão negro por onde escoa o esgoto a céu aberto produzido pelas zonas Sul e Oeste de São Paulo.

O cheiro é horrível, mas em cinco minutos o nariz sublima o fedor. E a despeito da poluição contida na lama que escorre pelo leito do Pinheiros, o líquido ainda se presta a refletir a luz solar, criando essa paisagem espetacular (num meio inodoro como a internet).

 

Comentários

3 thoughts on “A tarde linda de um inverno quente

  1. Panunzio, sou ouvinte da Band, desde qdo papai ouvia o saudoso Vicente Leporace. E hoje tô passando o bastão para meus filhos e neto. Que qdo em qdo foge para minha cama e pede pra ouvir o Pulo do Gato. Eu gosto muito da sua participação, veio somar mais alegria, provocações e muito conhecimento, inclusive da sua participação no jornal da Band. Torcendo por vc.

  2. Felizmente ainda não dá para se sentir odores (bons ou maus) pelas fotos. Aqui no Rio não é nada diferente. Jacarepaguá, é um bairro cortado por valões, que algum tempo atrás eram mananciais. São dois os culpados: a população que joga tudo nos rios e o Estado que não educa (e pune) quem usa os rios como lixeira. No caso do Rio, além do lixo, esgoto in natura vai direto para os rios e lagoas.

  3. Linda foto Pannunzio. Você podia ter deixado a bicicleta encostada ali na grade. Ia ficar bem bonito também. Gosto quando você e o Colombo provocam o Zé com o discurso pró-bicicleta.
    Abração

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *